THE NEW YORK TIMES PELA DIGNIDADE DE DIREITOS

0

A capa do jornal The New York Times deste sábado, 27, celebra a dignidade de uma decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos, que ainda que apertada (5X4), legaliza o casamento de pessoas do mesmo sexo em todo o país. É uma decisão história e deve realmente ser comemorada, como devem ser comemorados os gestos de amor, de respeito ao outro e às diferenças.

POR CARLOS FRANCO

Hoje, nas redes sociais, estão presentes almas penadas que consideram o colorido da vida um pecado, pois vivem nas trevas e não querem que outros vejam a luz. Uma postura tão velha quanto arcaica, desrespeitosa, indigna e mesquinha de quem não acredita e nunca fez por acreditar na civilização, sempre procurando o defeito em vez da qualidade, a amargura em vez da ternura, a palavra e o gesto de ódio em vez da palavra e o gesto de amor. O importante é que o mundo hoje está mais colorido e a capa desse jornal respeitado em todo o mundo se traduz nessa celebração, a celebração das cores do mundo. Cores tão bem expressa por um simples aplicativo de redes sociais, como o Facebook, que tornou as vidas mais coloridas neste dia, véspera do Dia Internacional que celebra justamente o amor entre iguais, porque iguais somos todos nós nas nossas diferenças.

Alguns internautas, ao verem o mundo colorido das redes sociais e das ruas norte-americanas, dizem que o país, os Estados Unidos, há apenas 50 anos legalizou os casamentos entre etnias diferentes, pois o negro era excluído da sociedade jurídica em vários estados que integram o que se chama Estados Unidos da America, EUA ou USA em inglês. É verdade, levaram tempo demais, como o Brasil foi o último país a abolir a escravidão. E que também comparada a decisão norte-americana à do Supremo Tribunal Federal do Brasil, da Argentina, do Uruguai de Mujica, demoraram demais. O importante, porém, é que o fizeram e as conquistas daqueles que lutam diariamente, arduamente, por reconhecimento, respeito e dignidade precisam e devem ser comemoradas, compartilhadas.

É uma falta, mais uma vez, de respeito ao outro não comemorar uma vitória que é importante para todos e para a civilização, para a humanidade. Humaniza, suaviza, recoloca respeito e dignidade na pauta, sobretudo no Brasil, onde impera o BBB no Congresso Nacional, as bancadas da Bala, da Bíblia da Xenofobia e do Boi (os mesmos ruralistas que fizeram com que o Brasil fosse o último país a abolir a escravidão e que vergonhosamente ainda figuram na lista dos que fazem uso de mão de obra escrava).

Outros se espantam com o fato de Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva terem colorido com o arco-iris as suas fotos, como muitos, inclusive eu, enquanto senadores tucanos como os medíocres Aécio Neves, José Serra e o aloprado Aloysio Nunes Ferreira se mantiveram indiferentes ontem, 26. Esperavam o que é? Eles permaneceram no território onde sempre estiveram confortáveis e onde impera o verbo no singular, nunca aprenderam e dificilmente aprenderão conjugar o verbo no plural e se o fizeram em priscas eras perderam suas cartilhas numa posta restante.

Dignidade e respeito é sempre algo a se demonstrar. É e sempre será instrumento plural, gesto de solidariedade e afeto. Não se pode esperar esse comportamento salutar de civilização de todos, por isso a luta por diretos deve ser constante para vencer a barreira das trevas que outros tão bem representam. O importante é que o mundo está mais colorido e é bonito de se ver, como é bonita a capa do The New York Times. Uma edição, de fato e direito (por direitos) histórica. Que bom poder registrá-la!.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP