TRAGÉDIA DE MARIANA: A ÁGUA COM QUEROSENE DA VALE

0

Não bastasse o rompimento de duas barragens da Samarco, mineradora controlada pela Vale (ex-Companhia Vale do Rio Doce) e a anglo-australiana BHP Billiton no último dia 5, na região de Mariana, em Minas Gerais, que cimentou de lama e rejeitos ferrosos o Rio Doce e varreu do mapa do Estado de Minas Gerais o distrito de Bento Rodrigues, a empresa continua a dar provas na região de total irresponsabilidade. O Rio Doce cimentado de lama e resíduos de mineração que podem representar risco à saúde abastece de água potável diversos municípios vizinhos ao seu leito, como Governador Valadares. É aí que quase se desenhou nova tragédia, pois  a Vale enviou um primeiro carregamento de 300 mil litros de água para abastecer a população desta cidade contendo alto teor de querosene, segundo informou a Prefeitura de Governador Valadares nas redes sociais na última sexta-feira, 13. O que levou a Prefeitura a descartar o uso da mesma para fins humanos informando a decisão em nota oficial nas redes sociais que ilustra esta reportagem.

Já  a Vale em lacônica nota, a exemplo das  que tem divulgado deste o início desse desastre ambiental, busca tirar de si a responsabilidade na entrega de água para o consumo humano que colocaria em risco a saúde da população dizendo que os vagões que utiliza são limpos e apropriados e que não tem responsabilidade pelo transporte efetuado dos vagões de seus trens para carros pipa de Valadares. Bonito isso: uma empresa que deveria se preocupar em minimizar os efeitos do desastre ambiental que provocou continua a procurar terceiros para atribuir responsabilidade pela tragédia nessa região como se nada tivesse a ver com a atividade que exerce por meio da Samarco.   

A tragédia ambiental causada pela Samarco é uma das mais graves já ocorrida no Estado de Minas Gerais. Além de mortes de pessoas e animais, comprometeu um importante rio, que dava nome à mineradora que integra o bloco de controle da Samarco, a Vale, e deixou sem água diversos municípios.  

Até este domingo, 15, porém, a única penalização anunciada à  Samarco são multas simbólicas do Ibama, no valor de R$ 250 milhões, que sequer cobrem o custo do desastre que comprometerá por gerações as cidades às margens do Rio Doce. A irresponsabilidade no trato com as comunidades é fato estarrecedor. O jornal O Tempo, de Minas Gerais, chegou a informar na própria sexta-feira, que moradores de Governador Valadares alertaram para o teor de querosene na água fornecida pela Vale. Não bastasse eliminar a fauna e flora do Rio Doce, o alvo agora parecem ser os moradores. É o que se pode chamar de uma tragédia em série com total desrespeito à população.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP