TRAMONTINA CONTRA O DESMATAMENTO

0

A Tramontina esculpiu animais na madeira como forma de alertar para o principal motivo do desmatamento no país: a extração de lenha. Anualmente, são derrubados 600 mil hectares de florestas brasileiras, prejudicando árvores, plantas e animais. A iniciativa faz parte da ação “Lenha de Animais”, criada pela J. Walter Thompson. Verdadeiras obras de arte, as peças ganharam formato de pássaro, macaco, cobra, tatu e jacaré, num trabalho minucioso do artista Lucas Strey. “Queimando esta lenha de mata nativa você queima também os animais. Use lenha ecológica Tramontina” é a mensagem gravada em cada uma das peças.

 

Além de chamar a atenção para as sistemáticas derrubadas de mata nativa, o trabalho sugere uma alternativa que não prejudica o meio ambiente: a Lenha Ecológica Tramontina. O produto é feito a partir da serragem de madeira reflorestada, gerada no processo de usinagem de cabos de ferramentas. São fabricados ao mês cerca de 400.000 Kg de briquetes, o que representa a permanência de 8,5 mil árvores na natureza. A Tramontina ainda mantém áreas de preservação permanente, algumas ainda sem a intervenção humana, e áreas em fase de recuperação, com o plantio e o manejo de espécies nativas.

Para esta campanha, foram desenvolvidos kits idênticos aos vendidos nas ruas, mas com animais infiltrados. O material foi entregue em estabelecimentos que utilizam lenhas, para entidades e formadores de opinião engajados em causas sustentáveis. A J. Walter Thompson ainda desenvolveu um vídeo que mostra cada detalhe da ação, disponível em .

O produto

A lenha ecológica da Tramontina, também conhecida como Briquete, é resultado da serragem de madeira reflorestada, gerada no processo de usinagem de cabos para ferramentas. A compactação da serragem para a fabricação do Briquete Tramontina é feita sob pressão e alta temperatura – sem adição de produtos químicos – originando um produto 100% ecológico.

Sustentabilidade

A Tramontina utiliza matéria-prima proveniente de manejo florestal sustentável e promove a recuperação de florestas nativas. Em Aurora do Pará, foram recuperados mil hectares de áreas degradadas na Amazônia Brasileira, com o plantio de espécies nativas. Na cidade de Encruzilhada do Sul, no Rio Grande do Sul, já foram reflorestados 5 mil hectares, com 8 milhões de unidades de Pinnus Elliotti. Anualmente, a fábrica de Belém consome 20.000 m³ e planta 120 mil árvores. Já na cidade gaúcha, a cada m³ usado, 15 árvores são plantadas. Consome-se 30.000 m³/ano e planta-se 450 mil árvores de Pinnus Elliotis.

Compartilhar.

Sobre o autor

Carlos Franco

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP