Uma Panela repleta de musicalidade

0

“Panela velha é que faz comida boa” pode até ser um famoso ditado popular, mas a partir de agora uma nova Panela é que vai despontar nas melhores cozinhas brasileiras. Criada por Daniel Galli, Diego Gomes, Edu Santana e Filipe Trielli, a nova produtora de áudio chega com a uma filosofia de trabalho que vem dando certo para o quarteto: “buscar um clima que favoreça o trabalho em equipe com descontração e bom humor sem perder a seriedade”.

Num estúdio com qualidade técnica de última geração, a trupe – renomados ex-produtores da S de Samba – revela com muito bom-humor que a escolha do nome não poderia ser mais apropriada. “Panela é um lugar onde se cozinha, onde se misturam elementos para criar algo novo, laboratório de gostos e sensações. Tem um quê de experimentação”, diz Filipe Trielli. E tem para todos os gostos, até para quem curte fazer uma intriga, pode-se dar um sentido de maldade interessante no nome como sendo uma “panelinha”.

Esse jovens, quase todos na casa dos vinte e poucos anos, são novos… mas tem experiência. Na S de Samba aprenderam a trabalhar em conjunto e nessa nova jornada chegam para elevar o nível técnico e criativo da produção de áudio no Brasil, sempre antenados com o que acontece no mundo, música, cinema, comportamento, literatura, política, religião… afinal, o estúdio não é o limite!

Na bagagem, Daniel, Diego, Edu e Filipe trazem trabalhos marcantes na publicidade para clientes como Dove (Verão Sem Vergonha – Campanha Pela Real Beleza), Antarctica (Tô Na Boa, Hino dos Bebedores Oficiais), Mastercard (Viajante Mastercard), GM (Vectra GT) e Pepsi Twist (Limõezinhos), entre tantos outros jingles de sucesso assinados por eles.

Já fora do mercado publicitário as experiências no mercado de áudio são das mais diversas: musicais off Broadway (“Jesus Christ Superstar”, “Fiddler On The Roof”, “Ragtime”), a produção de faixas do disco “Nega” (Luciana Mello), participação nos trabalhos das bandas Nadguetto (Warner/Continental), Alphorria (Sony/Natasha music) e Macucos (Sony), e uma excursão pela Europa para gravação de cinco shows de Tom Zé para o filme-documentário “Fabricando Tom Zé” – que ganhou primeiro lugar, pelo Juri Popular, nos festivais de cinema do Rio e São Paulo -, entre outros.

E por serem quatro sócios-produtores, os “mestres cucas” da Panela prometem ainda facilitar a comunicação com as agências e produtoras de imagem. Conhecendo e realizando todas as etapas do processo criativo, eles tem a possibilidade de acompanhar cada etapa do trabalho, do briefing à entrega das cópias, dando agilidade ao processo de produção e evitando as famosas trocas de informações erradas.

De trabalhos publicitários a podcasts, passando pela produção cinematográfica e de discos, a partir de agora, se, no bate-papo informal do final de tarde ou na reunião de criativos para uma nova campanha, o assunto é som, a solução é… PANELA!

Quem são os mestres cucas:

 

Daniel Galli

De Estrela do Norte para os grandes estúdios de São Paulo, ele já quis ser político e professor de faculdade. Estreou no mundo musical com uma banda de baile, tocando em clubes, praças, casas, bares e boates. Ex-Professor de violão do conservatório Souza Lima, Daniel gosta de reggae, blues, forró, valsa, salsa, jazz, pop, rap, trash, música eletrônica, bossa-nova, choro e brega.

 

Diego Gomes

Formado em Produção e Engenharia de Música pela Berklee (Boston), participou da gravação de discos de Jair Oliveira e Luciana Mello, foi técnico de som do grupo nova-iorquino “Los Amigos Invisibles”, gravou faixas do disco “Imprensa Cantada” de Tom Zé e durante os anos que morou em Nova Iorque trabalhou em renomados estúdios, fez pós-produção de filmes da NYU e o som do filme “Bossa no Exílio”.

 

Edu Santana

O “Predador”, apelido que vem da época em que usava Dreadlocks,  estudou harmonia funcional na Toque – Escola de Música Livre e Engenharia de Som no IAV (Instituto de Áudio e Vídeo). Produziu remixes, atacou de tecladista com grupos de Reggae e atualmente ainda faz um “Ecco”, trabalho autoral de qualidade com muito Reggae, D&B, Trance, Eletro, Rock, Dub…resultando num som eletrônico e alternativo que funde peso e atitude sem qualquer regra.

 

Filipe Trielli

Aos nove anos, enquanto muito menino duelava com bonecos do He-Man, Trielli já mostrava para o que veio no violão. Aos 14 tinha uma banda de blues e tocava na noite paulistana. Trabalhou e aprendeu – muito – ao lado de Jair Oliveira, Wilson Simoninha e especialmente João (Poneis) Baptista e Dimi Kireeff, participou da trilha do longa “Cristina Quer Casar” e  produziu faixas do disco “Nega” da Luciana Mello.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP