#WDSD15: SÍNDROME DE DOWN PELA ALEGRIA DE VIVER

0

A Gloria Brasil assina a campanha, criada para a Apae de São Paulo para o Dia Internacional da Síndrome de Down, que é comemorado neste sábado. Procura mostrar, dentro da temática central deste ano, que os portadores são diferentes e ser diferente é normal, que têm alegria em viver e como todos os jovens em participar, inclusive de festas ao som de rock pauleira, não muda nada. São gente como a gente.

 

O “head” de criatividade e inovação da agência, Alexandre Ceneviva, contou a colaboração voluntária de uma rede de parceiros para realizar o filme, captado em PB fazendo uso de  “uma estética underground” para ressaltar o quanto o trabalho da Apae São Paulo é voltado para dar voz e autonomia aos portadores da síndrome e é uma chance a quem o assiste de ouvir estas pessoas.

Por isso, escolheu-se o rock, um ritmo da manifestação jovem. A mensagem que o filme passa ao som envolvente de uma trilha original de rock clássico é a de que “a gente tem muito o que manifestar. Muito o que gritar. Escutou?” 21 de março. Dia Internacional da Síndrome de Down”.

Decretado em 2006 pela Down Syndrome Internacional – DSI, ONG que reúne entidades ligadas à Síndrome de Down em todo o mundo, o Dia Internacional da Síndrome de Down tem como principal objetivo conscientizar a população sobre a questão da inclusão, propondo uma sociedade melhor.

Por ser um dos países mais empenhados para promover a data, em 2010 a Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down solicitou o apoio do Governo brasileiro para que 21 de março entrasse no calendário oficial da ONU, o que aconteceu no ano seguinte. Cada país tem suas características na hora de promover a data, e o Brasil manteve o foco na pessoa com Síndrome de Down, a fim de reforçar os seus direitos e torná-la cidadã, na busca da eliminação de qualquer divergência social.

As APAES – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais são entidades de extrema importância na busca por melhores condições sociais e de qualidade de vida aos portadores da Síndrome de Down. Jequié conta com uma das mais de duas mil e 100 unidades da Apae espalhadas pelo Brasil.

Compartilhar.

Sobre o autor

Carlos Franco

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP