West Side Story em temporada

0

Inédito no Brasil, West Side Story é mais uma montagem da Takla Produções, que também esteve à frente de My Fair Lady, sucesso consagrado de crítica e de público. Francarlos Reis (Doc), Adalberto Halvez (Bernardo) e Luciano Andrey (Riff) também fazem parte do elenco formado por 42 atores em cena e 24 músicos na orquestra. O espetáculo fará curtíssima temporada, com 100 apresentações, permanecendo em cartaz no Teatro Alfa  até julho de 2008.

Com música de Leonard Bernstein, letras de Stephen Sondheim, texto de Arthur Laurents e baseado na premiada coreografia de Jerome Robbins, essa primeira montagem teatral brasileira de West Side Story terá direção geral, iluminação e 12 cenários de Jorge Takla, além de aproximadamente 300 figurinos elaborados por Fábio Namatame. A versão brasileira será assinada por Cláudio Botelho e a direção musical ficará a cargo do maestro Luis Gustavo Petri. A responsável pela adaptação da coreografia original será a diretora associada Tânia Nardini.

Graças a seu aspecto revolucionário, trazendo para os musicais uma linguagem mais moderna, jovem e ágil de tudo que tinha sido feito anteriormente na Broadway, West Side Story tornou-se um dos espetáculos mais premiados de todos os tempos, tanto em sua produção original, como em sua versão para o cinema. A coreografia de Jerome Robbins é considerada, até os dias de hoje, a melhor já concebida para um musical. Também devido à excelência de sua música, com canções como “Maria”, “Tonight”, “América” e “I Feel Pretty”, o espetáculo foi traduzido para mais de 15 idiomas.

Ambientada em Manhattan nos anos 60, West Side Story conta a história de amor de Tony e Maria. Trata-se de uma adaptação moderna de Romeu e Julieta, de Shakespeare, que nasce em meio à rivalidade de duas gangues de rua, retratando os conflitos de uma juventude que crescia embalada ao som do mambo, do rock e inspirada na rebeldia de James Dean.

ELENCO

O elenco de West Side Story é composto pelos atores: FRED SILVEIRA (TONY), BIANCA TADINI (MARIA), SARA SARRES (ANITA), FRANCARLOS REIS (DOC), ADALBERTO HALVEZ (BERNARDO), LUCIANO ANDREY (RIFF), além de Gabriel Malo (Action), Carlos Leça (Luis), Renata Bardazzi (Anybodys), Arízio Magalhães (Chino), Gianna Pagano (Graziella), Alberto Tadeu, Andressa Corso (Velma), Carolina Kimie (Margarita), Ciça Simões (Consuelo), Daniel Caldini (Índio), Daniela Vegga (Teresita), Diego Meija Neves (Mouthpiece), Fábio Porto (Snow Boy), Fernando Zuben (Glad Hand), Gisele Gonçalves (Estella), Guilherme Logulo (A-Rab), Guilherme Pereira (Baby John), Gustavo Lassen (Diesel), Hélcio Mattos (Pepe), Julia Duarte (Clarice), Leandro Benedicto (Gee-Tar), Leonardo Pace (Detetive Shrank), Leonardo Wagner (Big Deal), Marcelo Pereira (Anxious), Mariana Barros (Pauline), Paulo de Melo (Juano), Priscila Sanches (Rosália), Rafael Marão (Tiger), Renata Sampaio (Francisca),  Ricardo C. Barbosa (Moose), Roberto B. (Guarda Krupke), Ronnie Oliveira (Nibbles), Thiago Jansen (Swing), Uiliam Amaral (Toro), Vanessa Costa (Minnie) e Welton Nascimbene . 


PROTAGONISTAS

Fred Silveira (Tony): Seu último trabalho foi no musical My Fair Lady (Prêmio Qualidade Brasil 2007 melhor espetáculo musical) , como Freddy Eynsford-Hill. Integrou o elenco da montagem brasileira do espetáculo O Fantasma da Ópera, temporada 2005/2006 como cover dos personagens O Fantasma, Raoul e Piangi. Fez o papel de Marius na montagem brasileira de Les Misérables e atuou como Jesus no musical Godspell, recebendo por esse papel o Prêmio Qualidade Brasil 2002 de melhor ator.  Foi solista nas montagens das óperas O Barbeiro de Sevilha (1999) e A Flauta Mágica (1999).

Bianca Tadini (Maria): Atuou em My Fair Lady como cover de Eliza Doolittle, personagem principal, além de fazer parte do ensemble. Interpretou Dorothy, na montagem de O Mágico de Oz, foi cover de Christine, em O Fantasma da Ópera, e atuou nos papéis de Clementina, em Aí vem o Dilúvio, e Mrs Cohen, em Rent. Formada pela The American Musical and Dramatic Academy (NYC), Bianca teve aulas de canto nos Estados Unidos com Mary Setrakian (preaparadora vocal de Nicole Kidman para o filme musical “Moulin Rouge” e vocal coach dos elencos de “Aida” e ”The Lion King”). Foi vocalista da banda “The Gig”, que tinha em seu repertorio covers de sucessos pop-rock dos anos 70, 80, e 90. 

Sara Sarres (Anita): Atuou nos seguintes musicais: O Fantasma da Ópera (Christine), Les Misérables (Cosette), Comunitá – O Musical (Antônia), Cole Porter – Ele nunca disse que me amava (Elizabeth Marbury), O Mágico de Oz (Glinda), Godspell (Maria Magdalena), entre outros. Seu último trabalho foi em Emoções que o Tempo não Apaga, com direção cênica de Bibi Ferreira. Iniciou seus estudos de música aos 6 anos na Escola de Música de Brasília. Ganhou uma bolsa de estudos para o “IVAI 2000 Summer Opera Program” em Tel Aviv – Israel onde teve aula com os mais renomados cantores, professores, maestros, atores e diretores da atualidade.

Francarlos Reis (Doc): Fez sucesso com o personagem Alfred Doolittle, em My Fair Lady, seu último trabalho no teatro.  Alguns de seus principais trabalhos na área são: Operação Abafa (2006), de Jandira Martini e Marcos Caruso, com direção de Elias Andreato; Preso na Rede (2005), com direção de José Renato; Galeria Metrópole (2004), de Mário Ferraz, com direção de Paulo Capovilla; Abajur Lilás (2002), de Plínio Marcos, com direção de Sérgio Ferrara; Porca Miséria (1996), de Jandira Martini e Marcos Caruso, com direção de Gianni Ratto; Gertrude Stein (1996), de Alcides Nogueira, com direção de Antonio Abujamra; Procura-se um Tenor (1995), de Ken Ludwig, com direção de Bibi Ferreira; entre outros. Sob direção de Jorge Takla, já atuou em: Medéia (1997), de Eurípides; Pequenos Burgueses (1990) e O Jardim das Cerejeiras (1982)

Adalberto Halvez (Bernardo): Ator, cantor e bailarino, atuou em My Fair Lady (2007), O Fantasma da Ópera (2006/2005), Chicago (2004), A Bela e a Fera (2003/2002), Aqui se Faz, Aqui se Paga (2001), O Beijo da Mulher Aranha (2000), Não Fuja da Raia (1991/1996), entre outros. Em TV, atuou na novela Zazá, de Jorge Fernando, na mini-série Chiquinha Gonzaga, no Programa da Xuxa, além de diversas outras participações em novelas e programas. Formou-se na escola de teatro O Tablado (RJ), Oficina de Atores da Rede Globo (SP) e a Oficina de cinema do Instituto Dragão do Mar (CE). Também cursou Ballet Clássico, Dança Moderna, Jazz, Sapateado, Dança Contemporânea  e Canto.  

Luciano Andrey (Riff): Seus últimos trabalhos em teatro foram nos espetáculos My Fair Lady (2007), Rapsódia dos divinos, de Paulo Ribeiro (2006), Sonhei que um peixe tirava a roupa e ficava nu, dir Cristiane Paoli Quito (2005), A Ópera do Malandro, dir Iacov Hillel, Macbeth, dir Celso Frateschi, entre outros. Em TV, atuou em “Carandiru – Outras histórias”, Rede Globo, com direção de Walter Carvalho roteiro de Hector Babenco, Fernando Bonassi e Victor Navas. Também exerceu a assistência de direção e produção do Musical “South American Way”, com direção de Rogério Matias, na Casa de Artes Operária em 2006. Formado pela Escola de Artes Dramáticas, também fez cursos de expressão corporal, expressão vocal, técnica de canto e preparação para musical.


JORGE TAKLA – DIREÇÃO, PRODUÇÃO, CENÁRIO E ILUMINAÇÃO

Nascido no Líbano, de mãe brasileira e pai libanês, Jorge Takla reside e trabalha no Brasil desde 1977. Formado em Belas Artes e Arte Dramática em Paris em 1973, atuou e dirigiu no teatro LaMama em New York até 1976.

No Brasil, Jorge Takla dirigiu mais de 70 espetáculos, sendo a maioria produzidos por sua empresa, a Takla Produções, criada em 1978. Sua mais recente direção foi o espetáculo musical My Fair Lady, que esteve em cartaz no Teatro Alfa de março a outubro de 2007. Takla também assina a direção de muitos espetáculos consagrados, como Mademoiselle Chanel (de Maria Adelaide Amaral), assistido por mais de 300 mil pessoas, apresentado em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Brasília, incluindo temporadas de grande sucesso em Paris, Lisboa e Porto,  Victor ou Vitória (com Marília Pêra), Últimas Luas (com Antonio Fagundes), Medéia (Eurípides), Electra (Sófocles), A Gaivota e O Jardim das Cerejeiras (Tchecov), Cabaret  (o musical), Pequenos Burgueses (Gorki), Madame Blavatsky (Plínio Marcos), Lembranças da China (Alcides Nogueira) e dezenas de outras peças.

Em ópera, dirigiu (no Municipal de São Paulo e do Rio), La Traviata, La Boheme, Madama Butterfly, As Bodas de Fígaro, Cavalleria Rusticana, I Pagliacci, Os Contos de Hoffmann, Candide e outras óperas.

De 2002 a 2004 foi Diretor da Divisão de Teatro da CIE Brasil onde participou das produções de A Bela e a Fera, Chicago, A Flor de Meu bem Querer (Juca de Oliveira), Suburbano Coração, Marília Canta Ary.

Jorge Takla foi também proprietário, administrador e diretor artístico do Teatro Procópio Ferreira de 1983 a 1992.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP