YOLHESMAN CRISBELES

0

CARLOS FRANCO

 

Em 1965, a turma do Pasquim, com Jaguar, Ziraldo, Olga Savary, Ferdy Carneiro, Paulo Francis, Albino Pinheiro e Leila Diniz à frente ocupou as ruas de Ipanema para saudar o carnaval. O som vinha de uma banda formada por músicos e amigos dessa turma irreverente que passou a usar a expressão “Yolhesman Crisbeles!” como lema, em faixas carregadas por dezenas de pessoas ligadas à cultura popular.
Agentes militares logo identificaram ali um protesto contra o regime, mas a frase nada tinha a ver com crítica direta à ditadura a não ser com a alegria e o humor ferino daqueles que fizeram do Pasquim um dos jornais alternativos mais lidos de todo o País.
“Yolhesman Crisbeles” na verdade seria o nome do anjo do juízo final segundo um dos famosos pregadores de rua do Rio. Um louco que assustava muitos na Central do Brasil dizendo que esse anjo iria os pegar. Faria até sentido a ditadura se ver como Yolhesman Crisbeles.
Como nasceu irreverente, a referenciada banda foi ganhando seguidores. No segundo ano, atraiu sambistas, gente bamba como Cartola, Dona Zica, Ary Barroso, Emilinha e uma constelação daqueles genuinamente ligados ao carnaval e a música popular brasileira, como Clara Nunes (foto), que foi madrinha da banda. O que faria assustar ainda mais a ditadura. Por várias vezes, especialmente nos dias de carnaval, muitos de seus foliões eram interrogados para revelar quem era ou o que era “Yolhesman Crisbeles” aumentando a diversão dos foliões e as atenções da mídia.
Hoje, a banda é um dos melhores sinônimos do carnaval carioca, de sua irreverênica e de sua liberdade foliã. Por isso, fez escola. E arregimenta milhares de foliões ao percorrer as ruas desse  bairro de classe média da Zona Sul carioca como a Farme de Amoedo, a Maria Quitéria, a João Angelica, a Nascimento Silva – onde Tom tocava piano para Eliseth. Tudo ao som de antigas marchinhas e sambas-enredos. Fonte de inspiração para várias outras e que virou filme de Paulo Cezar Sarraceni (o cartaz ilustra este texto). É o caso do bloco “Simpatia é Quase Amor”, “Carmelitas”, “Filhos da pauta (de jornalistas), ‘Imprensa que eu gamo”, “Atrevida”.
Foi essa banda irreverente, genuinamente carioca, a inspiração para que Plínio Marcos colocasse na rua a versão paulistana da banda de Ipanema, a “Bandalha, que ser tornaria “Banda do Redondo” ou “Redonda”, como preferem seus foliões.
Hoje, terça-feira gorda de carnaval, a Banda de Ipanema encerra a folia popular mais famosa do Rio de Janeiro. Depois da meia-noite é a hora da Lira do Delírio deixar o “Bofetada”, um pé-sujo que de tão bem frequentado virou “cult”. E assim, o Rio renasce mais uma vez em plena quarta-feira de cinzas.

Bom divertimento a todos!!!

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP