Acessibilidade

0

Focado na busca contínua da excelência no atendimento aos clientes, o Banco Itaú está preparado para assegurar também às pessoas portadoras de deficiência um acesso cômodo, moderno e seguro a suas agências e canais de auto-atendimento. E, para comunicar este diferencial, lança nesta terça-feira o comercial “Acessibilidade”.

Criado pela Africa, o filme será veiculado em TVs aberta e fechada e contará com a tecnologia que permite a utilização do sistema closed caption, apresentando assim uma legenda para os deficientes auditivos. O roteiro procura transmitir a preocupação e os valores do Itaú para o assunto acessibilidade para todos.

No comercial, um cadeirante está percorrendo um caminho e, de repente, se depara com um obstáculo: uma escada desenhada no chão. Na seqüência, ela é apagada e redesenhada no formato de uma rampa, facilitando a locomoção do protagonista em cena.

Com as modificações feitas pelo Itaú em suas agências bancárias, o banco reforça seu compromisso de dar sempre mais conveniência aos clientes. Também serão distribuídos folhetos explicativos sobre as práticas responsáveis do banco, e o folder que trata da acessibilidade pode ser encontrado inclusive em braile.

O acesso às agências foi adaptado para os deficientes visuais com a instalação de piso podo-tátil. Também é permitido o acesso e permanência de cães-guia em seu interior. O piso podo-tátil possui uma espécie de “braile no chão”, que auxilia o deficiente visual, direcionando-o através de marcações. Aos cadeirantes, o Itaú garante rampas de acesso, vagas mais amplas e demarcadas, sinalização especial, banheiros e guichês adaptados para facilitar o contato.

Além de adaptar as agências para atender todos os seus clientes, o Itaú também adotou medidas para que as pessoas portadoras de deficiência tenham independência para realizar qualquer tipo de serviço bancário. Os caixas eletrônicos, por exemplo, seguem os preceitos de um caixa universal. Os portadores de deficiência visual navegam orientados por comandos de voz, através de fone de ouvido. O Bankfone e o Bankline também foram adaptados. No atendimento telefônico, o serviço pode ser realizado através de mensagem de texto, o que facilita o acesso dos deficientes auditivos. Já pela internet, o deficiente visual dispõe de áudio, que lhe permite operar seus produtos e serviços financeiros.

 

Share.

About Author

Comments are closed.