APPLE SUPERA GOOGLE E VOLTA AO TOPO

0

A décima edição do aguardado ranking BrandZ Top 100 marcas globais mais valiosas, apresentado pela WPP e pela Millward Brown, relevou que a Apple reconquistou o título de marca mais valiosa do mundo 2015 e superou o Google, que obteve a primeira posição no ano passado.Com um aumento de 67% em apenas um ano, o valor de marca da Apple atingiu US$ 247 bilhões, enquanto o Google,  que foi para a segunda colocação, cresceu 9% e chegou a US$ 173,7 bilhões. Já a marca Microsoft – que foi a primeira colocada em 2006 –, hoje se encontra na terceira posição com um valor de US$ 115,5 bilhões, o que representa um crescimento de 28% no período.

 

O sucesso do iPhone 6 foi o que levou a Apple a esse crescimento extraordinário, ao mesmo tempo em que o novo AppleWatch se provou altamente popular. “A Apple continua liderando a sua categoria, ao inovar e gerar benefícios reais aos consumidores; conectando de maneira consistente suas necessidades emocionais e racionais para fazer a vida dos usuários mais fácil, de forma divertida e relevante. A Apple tem uma promessa de marca muito clara e é através dela que reforça a sua mensagem e sustenta os diferenciais que a fazem ser tão desejável”, afirma Doreen Wang, Diretora Global da Millward Brown BrandZ ™.

 

O valor total das Top 100 marcas obteve um crescimento de 126% desde a primeira edição do ranking, há 10 anos, e hoje soma US$ 3,3 trilhões, número 14% superior ao total registrado em 2014.

 

BrandZ™ Top 20 das marcas globais mais valiosas em 2015:

 

Ranking 2015 Marca Categoria Valor da Marca 2015 (Milhões) Variação no valor da marca Ranking 2014
1 Apple Tecnologia 246.992 +67% 2
2 Google Tecnologia 173.652 +9% 1
3 Microsoft Tecnologia 115.500 +28% 4
4 IBM Tecnologia 93.987 -13% 3
5 Visa Meios de pagamento 91.962 +16% 7
6 AT&T Provedor de Telecom 89.492 +15% 8
7 Verizon Provedor de Telecom 86.009 +36% 11
8 Coca-Cola* Refrigerantes 83.841 +4% 6
9 McDonald’s Fast food 81.162 -5% 5
10 Marlboro Tabaco 80.352 +19% 9
11 Tencent Tecnologia 76,572 +43% 3
12 Facebook Tecnologia 71,121 +99% 9
13 Grupo Alibaba Varejo 66,375 Novo entrante
14 Amazon Varejo 62,292 -3% -4
15 China Mobile Provedor de Telecom 59,895 +20% 0
16 Wells Fargo Banco regional 59,310 +9% -3
17 GE Conglomerado 59,272 +5% -5
18 UPS Logística 51,798 +9% -2
19 Disney Entretenimento 42,962 +24% 4
20 Mastercard Pagamentos 40,188 +2% -2

* O valor de marca da Coca-Cola inclui as variações Light, Diet e Zero.

 

Quanto às principais conclusões do estudo BrandZ Top 100 2015™, encontramos:

 

  • Tecnologia é a categoria de crescimento mais rápido, tendo avançado 24% no último ano. As marcas do setor no Top 100 valem mais de US$ 1 trilhão, praticamente um terço do valor de todo o ranking.

 

  • Facebook é a marca mais rápida em crescimento, com 99% de aumento em apenas um ano, alcançado por meio de sua estratégia bem sucedida de adquirir outros aplicativos (apps) sociais como Instagram e WhatsApp, e a habilidade de saber capitalizar muito bem suas plataformas.

 

  • O valor das marcas de comércio eletrônico ultrapassa  as marcas de varejo, o que é claramente demonstrado com a entrada da Alibaba pela primeira vez no ranking direto para a 13ª posição, ultrapassando ambos Amazon e Walmart – o líder do e-commerce chinês Alibaba ingressa no ranking, com um valor de US$ 66,4 bilhões. É interessante notar que as marcas mais valiosas do varejo, Alibaba e Amazon, que tem presença exclusiva online, são agora mais valiosas do que o Walmart, que tem mais de 11 mil lojas físicas em todo o mundo.

 

  • Marcas mais fortes entregam maior retorno para os acionistas. Nos últimos 10 anos, a mensuração das marcas mais fortes do BrandZ ™ Top 100 como um “portfólio de ações”, demonstra que o valor das ações das empresas do ranking tem aumentado três vezes mais do que o índice MSCI World Index e quase dois terços a mais que o S&P500.

 

 

  • As marcas europeias estagnaram, enquanto chinesas despontam e americanas reaparecem. O número de marcas chinesas no ranking continua crescendo, nessa edição são 14 representantes entre as Top100, em comparação com apenas uma marca na primeira edição, o que representa um aumento de 1004% em valor. Já as marcas americanas cresceram 137% nos últimos 10 anos (15% a mais que o ano passado), enquanto a Europa registrou apenas 31% de crescimento (e uma queda de -9,3% no último ano). Somente 24 marcas europeias estão no ranking hoje, sendo que eram 35 na primeira edição.  Isso representa uma mudança de Ocidente para Oriente, já que a maioria das marcas que saíram dos Top100 são europeias e foram substituídas principalmente por marcas chinesas.

 

“Esta é a décima edição do ranking, por isso decidimos analisá-lo e revelar as descobertas e aprendizados que podem fazer a diferença no futuro das marcas. A consistência que observamos em todo esse tempo é que as marcas que entendem o consumidor e que conseguem criar uma proximidade, oferecendo algo relevante e de forma diferenciada, são aquelas que realmente crescem. Para as marcas da América Latina, que mais uma vez não foram mencionadas no ranking 2015, o grande desafio fica bem claro: Expandirem sua atuação além da região e se tornarem efetivamente marcas globais”, afirma Gonzalo Fuentes, CEO da Millward Brown na América Latina.

“Alcançar um lugar no ranking ou manter-se nele não é uma questão simples. Nesses 10 anos, observamos como as marcas que tem conseguido permanecer entre as Top 100 são aquelas que foram consistentes com o seu propósito de marca ao longo do tempo e centraram-se no consumidor como o seu motor de origem”, completa Valkiria Garre, CEO da Millward Brown no Brasil.

 

Desenvolvido pela Millward Brown, a consultoria de marca e de marketing da WPP, o estudo BrandZ ™ Top 100 marcas globais mais valiosas é o único ranking de marcas que combina métricas de equity, baseadas em entrevistas com consumidores, e uma análise rigorosa dos indicadores financeiros de cada uma das companhias avaliadas.

 

Sobre o ranking BrandZ: As 100 marcas mais valiosas do mundo

Desenvolvido pela consultoria de marketing e marca da WPP, a Millward Brown, o ranking BrandZ: As 100 marcas mais valiosas do mundo está no décimo ano. É o único estudo a combinar mensurações de marca baseadas em entrevistas com mais de três milhões de consumidores no mundo e milhares de marcas B2B e B2C com uma analise rigorosa do desempenho financeiro e de negócios de cada empresa (utilizando dados da Bloomberg e da Kantar Retail) para separar o valor da marca na geração de negócios e no valor das ações. A percepção que o consumidor tem de uma marca é um fator determinante na definição do valor de uma marca, uma vez que marcas são a combinação de desempenho em negócios, entrega de produtos, posicionamento claro e liderança. O ranking considera variações regionais, uma vez que até para marcas verdadeiramente globais a mensuração da contribuição da marca pode diferir substancialmente entre países.

 

Sobre a Millward Brown

Millward Brown é a agência de pesquisa de mercado líder global em avaliação publicitária, comunicação estratégica, mídia e Brand Equity. A Millward Brown ajuda a seus clientes a desenvolver suas marcas através de uma análise completa apoiados por estudos e soluções quantitativas e qualitativas. Entre suas práticas globais especializadas, estão a Millward Brown Digital (líder em eficiência e inteligência digital), Firefly Millward Brown (rede global qualitativa), Práticas de Neurociência (utilizando a neurociência para otimizar o valor das técnicas tradicionais de Pesquisa) e Millward Brown Vermeer (consultoria estratégica que ajuda as empresas a maximizar seus retornos sobre o investimento em marcas e marketing). Millward Brown opera em mais de 55 países e é parte da Kantar, divisão de inteligência de mercado da WPP.

Share.

About Author

Comments are closed.