BRASIL: TERRA DE OPORTUNIDADES

0

Artplan apresenta plataforma de conteúdo sobre municípios com até 100 mil habitantes com pesquisa inédita desenvolvida pela agência em parceria com a Ideia Consumer Insights; estudo apresenta retrato de pequenas cidades brasileiras que representam 95% dos municípios do país

 

Como diria o baiano Nizan Guanaes, ex-funcionário da Artplan, hoje um dos maiores empresários de comunicação comercial do mundo, “enquanto eles choram, eu vendo lenços” . É o claro sentido da palavra oportunidade, que para os sábios chineses nasce da crise. E se tem crise, melhor olhar para o lado e ver novas possibilidades. Foi o que fez a Artplan ao lançar neste final de mês plataforma digital que abriga o estudo proprietário da agência ‘Cidades Descobertas’.

O projeto revela um perfil de municípios brasileiros que possuem até 100 mil habitantes, e representam cerca de 95% das cidades do país. A pesquisa apresenta os hábitos de consumo dos moradores de mais de 12 municípios, e foi desenvolvida pela Artplan em parceria com a Ideia Consumer Insights, empresa com foco em Pesquisa, Planejamento de comunicação, marketing e Inteligência de mercado. O conteúdo está disponível em um hotsite criado exclusivamente para a pesquisa, e o arquivo com os resultados do projeto pode ser baixado gratuitamente aqui.

O estudo tem como propósito ajudar os brasileiros a entenderem o próprio país e mostrar às empresas oportunidades para investirem nesses centros, onde residem 45% da população brasileira e que acumulam mais de 30% do PIB nacional. A partir dos dados apurados pelo projeto – realizado por meio de uma pesquisa qualitativa, com invasões de cenário, grupos de foco e entrevistas em profundidade -, os pesquisadores chegaram a cinco descobertas que podem levar o mercado a analisar como atuam e como ainda podem atuar nestes pequenos municípios.

A primeira revelação mostra que a maioria dos moradores de cidades pequenas não querem mudar de lugar. Eles avaliam que as cidades onde residem têm alto grau de qualidade de vida, valorizam o fato de estarem perto da família, e acreditam que estas são qualidades da cidade que os fazem permanecer onde hoje residem. “Sou muito feliz, muito feliz mesmo, vocês não podem imaginar. A cada dia que eu levanto agradeço a Deus. As minhas raízes estão todas aqui”, comenta Aldoney, um dos entrevistados da pesquisa, habitante de Além Paraíba-MG.

Mas os interioranos acreditam que suas cidades podem melhorar. O segundo ponto apurado pela pesquisa leva à conclusão dos moradores sobre a razão de ainda não estarem na ‘cidade ideal’: embora estejam satisfeitos por viver longe do caos dos grandes centros, a falta de opções de compra, cultura e lazer é uma característica presente em quase todos os locais visitados e uma ânsia frequente dos habitantes. O levantamento avalia que somente 3% das cidades possuem shopping centers e apenas 7% delas tem salas de cinema.

Já a terceira descoberta aborda o poder da propaganda ‘boca a boca’, quando as pessoas conhecidas se tornam grandes influenciadoras para o consumo. A relação de confiança pode tornar um encontro entre amigos numa reunião de ‘negócio’. Segundo o especialista Dr. Mauro Osório, professor de Direito da UFRJ que esteve envolvido no projeto, “a primeira questão da transação são as relações de confiança. Se você tem em cidades menores pessoas que moram mais perto do trabalho, onde você esteja estabelecendo relações de confiança maior, gera-se uma maior produtividade”.

O quarto ponto descoberto se refere a vontade dos jovens de estudar sem sair da própria cidade, já que a porcentagem destes municípios que possuem ensino superior é de apenas 36%. Enquanto nas unidades médias e grandes o nível de alfabetização está entre 93% e 94%, nas cidades pequenas (com menos de 100 mil habitantes) o nível de alfabetização é de 85%.

E a última descoberta mostra que a relação dessas pessoas com a web é cada vez mais plena e frequente. Cerca de 84% dos moradores das cidades com menos de 100 mil habitantes tem acesso à internet, porcentagem maior aquela dos que possuem telefone: 78%. Além de estarem online, os habitantes estão ávidos por novidades, e utilizam a rede como fonte de informação, comunicação e consumo.

“A ideia da Artplan nasce da constatação da imensa importância e participação das cidades com menos de 100 mil habitantes no universo de municípios brasileiros. Por isso identificamos uma necessidade de entender melhor as características desta grande parcela da população e identificar oportunidades para os nossos clientes”, reforça Marco Antonio Viera Souto, VP de Planejamento da Artplan e idealizador do projeto.

Para explorar todas estas particularidades e chegar ao material apresentado na plataforma, a equipe que desenvolveu o projeto ‘Cidades Descobertas’ percorreu mais de 18 mil quilômetros durante 30 dias de campo, e envolveu mais de 16 profissionais entre pesquisadores, planejadores, criativos, designers e produtores. A paisagem, a tranquilidade e o dia-a-dia das cidades visitadas foram documentadas em vídeo, produzido pela própria Artplan e disponibilizados no hotsite, com entrevistas in loco com moradores, comerciantes, especialistas como professores universitários, pesquisadores e autoridades locais de norte a sul do Brasil.

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Carlos Franco

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP