FUTEBOL EM ALTA NOS EUA

0

Pesquisa do IBOPE Repucom mostra que o interesse dos norte-americanos pelo futebol aumentou consideravelmente nos últimos três anos: em novembro de 2011, 18,1% da população do país dizia gostar da modalidade. Já no mesmo mês de 2014, esta porcentagem subiu para 32,1%.

O SPORTSDNA, pesquisa global sobre preferências dos fãs de diversas modalidades esportivas, também mostrou um crescimento no número de norte-americanos que declararam que o futebol é o esporte preferido para assistir na televisão. No fim de 2014, 12,6% dos entrevistados fizeram esta afirmação, contra 8,5% em 2011.

“Alguns motivos podem explicar o aumento da popularidade deste esporte nos Estados Unidos. Com certeza, entre eles estão a ida de jogadores mundialmente famosos, como o brasileiro Kaká e o espanhol David Villa para a Major Soccer League (MSL); a melhora da seleção nacional nas últimas disputas internacionais; a construção de novas arenas especialmente para o futebol; e o crescimento de latinos no país – 54 milhões, em 2013, o que representava 17,1% da população americana, segundo Pew Research Center”, afirma José Colagrossi, diretor do IBOPE Repucom.

Apesar de apresentar um crescimento contínuo e expressivo nestes últimos anos, o futebol ainda tem muitos fãs para conquistar nos Estados Unidos. Como base de comparação, de acordo com o estudo Sponsorlink de março de 2015, 62% da população brasileira declara ter interesse ou muito interesse pelo esporte, sendo que 77% destas pessoas preferem assistir às partidas pela TV.

Realizado desde 2000, o SPORTSDNA está presente em mais de 20 países. Para esta pesquisa, foram ouvidos 1.000 internautas norte-americanos, que representam a população local com idade entre 16 e 69 anos.

Sobre o IBOPE REPUCOM
Especialista em pesquisa de marketing esportivo e patrocínio, o IBOPE Repucom oferece soluções que permitem, dentro do segmento esportivo, o monitoramento de ações em eventos, planejamento de anunciantes de mídia, estudos analíticos sobre comportamento e consumo esportivo e outros indicadores de performance para mensurar o retorno de campanhas e ações.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP