GERAÇÃO Z É DESAFIO PARA EMPRESAS, DIZ KANTAR MILLWARD BROWN

0

As previsões de Mídia&Digital para 2017 da Kantar Millward Brown destacam o tamanho do desafio que a nova geração apresenta, seus valores e altas expectativas.

A Kantar Millward Brown, uma das principais agências de pesquisa de mercado global que ajuda empresas a construírem marcas fortes, publicou hoje suas previsões de Mídia&Digital para 2017. Pelo nono ano consecutivo, as previsões da empresa servem como um guia claro dos desafios e oportunidades que surgirão nos próximos 12 meses, ajudando os anunciantes a moldar suas estratégias de marketing digital.

No ano que vem, a prioridade é entender rapidamente as necessidades, os desejos e comportamentos da Geração Z, também conhecida como pós-millenials e centennials. As marcas terão de oferecer jornadas de consumo mais bem conectadas, que sejam menos invasivas e tenham uma abordagem mais inteligente e mais polida, que desencoraje o uso dos ad blockers.

Também será preciso desenvolver conteúdo criativo que apele para a imaginação e as emoções do consumidor da Geração Z, se quiserem ser aceitos por esse novo segmento de consumidores, que conta com impressionantes dois bilhões de pessoas no mundo todo – cerca de 27% da população mundial nasceu entre 1997 e 2011.

“Todos os anos temos novos desafios para a comunicação das marcas. Este ano o nosso foco é na Geração Z que é uma nova geração de consumidores que são muito diferentes de seus antecessores. Marcados pelo grande número e pela preferência predominante pelo conteúdo móvel, eles cresceram na sequência da crise financeira mundial e farão novas exigências das marcas que quiserem ganhar espaço nas suas vidas.

Entender as nuances da Geração Z deve ser a prioridade dos anunciantes no Brasil, na medida em que descobrem como sua comunicação e as ferramentas que lhes dão poder precisam ser adaptados para a definição de estratégias futuras ” diz Valkiria Garré CEO da Kantar Millward Brown.

As marcas deverão ser mais abertas, compartilhar suas histórias, seus propósitos e os detalhes dos seus processos de produção para permitir que a Geração Z determine se os valores da marca condizem com os seus.
Por fim, as empresas terão de desistir de usar o atual enfoque de uma comunicação linear, fatual e linguística, e priorizar o conteúdo digital que apele para a imaginação por meio do uso das novas tecnologias, tais como realidade aumentada (RA) e realidade virtual (VR); formatos imersivos que permitam uma experiência visual mais forte. A Geração Z também deve responder muito mais a narrativas emocionais e musicais que os Millenials, e esta pode ser uma grande oportunidade para usar a criatividade que estimule, de alguma maneira, os sentidos de todas as pessoas.

Valkiria Garré acrescenta: “a Geração Z vai exigir uma nova abordagem de comunicação das marcas. Com um cenário que está pronto para receber novas propostas criativas, as empresas terão de monitorar de perto quais formatos a Geração Z e outros consumidores acham maçantes e intrusivas, especialmente na sua tela principal: o celular. Juntamente com este novo formato de conteúdo, os anunciantes também deverão entregar uma experiência de marca uniforme em todos os pontos de contato. A Geração Z cresceu em um mundo conectado, e não tem paciência para modelos online e offline que não se integram, e que são mais antigos do que eles próprios – este público não irá se adaptar”.

Tornar tudo isso possível requer uma visão holística do consumidor e uma experiência de marca consistente, algo que exigirá novas ideias, além de tempo e investimento consideráveis. Para muitas marcas reconhecidas, esta será uma empreitada de longo prazo, na qual deverão impactar a estrutura corporativa e a gestão de dados. Em 2017, o foco deverá recair sobre o tom da comunicação e na entrega de uma experiência de marca coerente em todos os pontos de contato.

A Kantar Millward Brown também prevê outras mudanças importantes:

• Equilíbrio entre o targeting e a intrusão – Em 2017, os anunciantes deverão se concentrar em atingir o equilíbrio entre a compra programática e aquilo que os consumidores acham que seja publicidade invasiva. Os publicitários e suas agências usarão um mix maior de dados de prospecção de targeting com base em afinidade com a marca, interesses e a demografia adequada. A Kantar Millward Brown espera que esta prática deixe de ser uma ação simplista de targeting com base em um único dado – seja ele comportamental (sites visitados, itens em um carrinho de compras), demográfico ou unicamente de afinidade com a marca.

• Mais sinergias entre as mídias – Os anunciantes perceberão a importância cada vez maior das sinergias entre as mídias em 2017, e o potencial para maximizar o impacto da marca e das vendas. Globalmente, os estudos CrossMedia conduzidos pela Kantar Millward Brown mostram que as sinergias podem elevar em 25% a eficácia das mídias. Cada vez mais, as sinergias estão criando novas oportunidades para que anunciantes e agências de publicidade garantam um efeito multiplicador entre as mídias.

• Evitando ad blockers – A boa notícia para as marcas é a de que a crescente onda de bloqueadores de anúncios pode estar prestes a acabar. Embora os anunciantes tenham que adotar melhores formatos publicitários e buscar engajar os consumidores de forma proativa, as atuais ferramentas de bloqueio de publicidade estão demonstrando sua própria falta de autenticidade por meio de problemas na performance do site/ restrições de conteúdo e uma ética questionável de tentar faturar com as peças de publicidade que eles autorizam.
“A Geração Z não apenas vai mudar a forma como as marcas se comunicam, mas também irá criar desafios na forma como as marcas comunicam autenticidade e transparência na era digital,” disse Duncan Southgate, Global Brand Director, do departamento Media & Digital na Kantar Millward Brown. “As estratégias que mais tendem a ter sucesso são as que incluem investimentos e plataformas digitais que permitam que os consumidores participem na criação de uma experiência de marca compartilhada. A Geração Z será do tipo ‘mão na massa’ – querem experimentar, desmontar e recriar.”

Para ter acesso às previsões, acesse www.millwardbrown.com/DigitalPredictions

Sobre a Kantar Millward Brown 2016
A Kantar Millward Brown é uma das principais agências de pesquisa de mercado globais especializada em efetividade de publicidade, comunicação estratégica, e pesquisa de mídia e valor de marca. A empresa ajuda seus clientes a desenvolver sua marca oferecendo soluções completas com base em resultados de pesquisas qualitativas e quantitativas. Como parte do Grupo Kantar, uma divisão de gestão de investimento de dados da WPP, a Kantar Millward Brown atua em mais de 55 países.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP