O PARAÍSO DA INADIMPLÊNCIA

0

Segundo estudo inédito da Serasa, a taxa de inadimplência de Paraisópolis, em São Paulo, é de 31,5%, resultado acima do percentual registrado na capital paulistana (24,4%). Isso significa que a cada três moradores da comunidade, um está inadimplente. No país, com 55,6 milhões de pessoas inadimplentes, um em cada quatro brasileiros estão com as contas no vermelho. Ainda de acordo com o Mapa da Inadimplência em Paraisópolis, cada habitante da região possui, em média, quase três dívidas em atraso, o que representa um valor médio total de R$ 4.083,93.

 

Segundo o superintendente do SerasaConsumidor, Júlio Leandro, a forte concentração de moradores de baixa renda no local, a vulnerabilidade e desigualdade social acabam impactando no número de pessoas inadimplentes. “Por terem um orçamento curto, esses cidadãos possuem dificuldades na hora de pagar as contas, guardar um dinheiro extra para emergências e até mesmo fazer uma poupança para uma compra maior como casa e automóvel. Os recentes aumentos nos produtos, serviços e impostos também acabaram prejudicando ainda mais a renda dos moradores da comunidade”, diz.

 

A inadimplência dos homens é maior do que a das mulheres em Paraisópolis. Enquanto que 33,4% do público masculino está com dívidas atrasadas, 27,6% das mulheres estão nesta mesma situação. Por faixa estaria, o público jovem, de 18 a 25 anos, possui taxa de 44,0%. O grupo de idade de 26 a 30 anos registrou taxa de 37,9%. Veja abaixo a tabela completa por idade:

 

SERASATABELAPARAISOPOLIS

O estudo também avaliou a taxa de inadimplência por grupos da população brasileira, de acordo com a classificação do Mosaic Brasil – metodologia de segmentação da sociedade que leva em conta não só a renda, mas também outros critérios, como educação, geografia, demografia, padrões comportamentais e estilo de vida com o objetivo de entender melhor o mercado, a sociedade. De acordo com ele, a maioria (51,3%) dos inadimplentes da comunidade pertence ao grupo “Jovens Adultos da Periferia”. As limitações no acesso à educação e na infraestrutura dos bairros onde moram torna mais difícil a rotina desse perfil de moradores.

Em segundo lugar no ranking, aparece a “Massa Trabalhadora Urbana”, com 22,9%. Segundo a classificação, esse grupo, formado pela massa de trabalhadores com baixa escolaridade e renda, vive em vantagens e desvantagens das grandes cidades como: o acesso ao consumo e à informação e os problemas de mobilidade e alto custo de vida.

A “Juventude Trabalhadora Urbana” aparece em terceiro lugar, com participação de 6,5% na inadimplência. Fazem parte deste grupo jovens, com até 35 anos, em início de carreira, mas ainda buscando aumentar sua escolaridade, que já é superior à dos pais. Eles são otimistas e antenados, com acesso à tecnologia e de olho nas tendências.

Ainda segundo o Mosaic, 45,0% do grupo “Donos de Negócios” estão com dívidas em atraso. Nele estão os pequenos e médios empreendedores que investiram suas economias para abrir o próprio negócio.

 

Metodologia do estudo

 

O Mapa da Inadimplência da comunidade de Paraisópolis, em São Paulo, foi realizado levando em consideração as informações disponibilizadas pelas empresas concedentes de crédito à Serasa Experian. Para os registros de inadimplência, foram avaliadas dívidas atrasadas há mais de 90 dias e com valores acima de R$ 200,00.

 

SerasaConsumidor na Ação Global Nacional, em Paraisópolis

 

Para ajudar a população da região a limpar o nome e ter uma vida financeira saudável, no último sábado (30), o SerasaConsumidor, braço da Serasa Experian voltado ao cidadão, esteve presente na Ação Global, evento da Globo em parceria com o SESI, realizado na comunidade de Paraisópolis, na cidade de São Paulo. No evento, o SerasaConsumidor ofereceu diversos serviços gratuitos à população como consulta e acompanhamento do CPF, orientação para renegociação de dívidas, palestras de educação financeira e abertura de Cadastro Positivo.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP