A MULHER E O CARTÃO DE CRÉDITO

0

De acordo com dados do Censo realizado em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de mulheres responsáveis pelos domicílios saltou de pouco mais de nove milhões para quase dezenove milhões entre 2000 e 2010. Outro número bastante revelador, ainda segundo o IBGE, é que, aproximadamente, 41% do público feminino contribuem para a renda familiar. Com isso, chega-se à conclusão de que o poder de decisão no momento do consumo está cada vez mais em mãos femininas. “Com as responsabilidades cada vez maiores, é notório o aperfeiçoamento dia após dia na gestão financeira dos seus recursos. E, por estarem à frente disso, as mulheres têm fugido dos gastos excessivos e se distanciado das temidas dívidas”, garante o diretor de Marketing e Relacionamento da Sorocred, Wilson Justo.

Para o executivo, a responsável por uma família tende a ser ainda mais conservadora. Ela opta por poupar e pensa muito mais antes de cair na tentação de comprar por impulso. “A base de cartões da Sorocred é composta por 57% de mulheres. É um número bastante significativo, principalmente se consideramos os dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) de que pouco mais de 50% dos cartões de crédito emitidos no Brasil está nas mãos do público feminino”, informa.

No entanto, informações da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mostram que, em janeiro de 2016, o cartão de crédito foi o tipo de dívida mais citado pelas famílias brasileiras (78,6%), seguido por pagamentos em carnê (16,8%), financiamento de carro (12,5%), crédito pessoal (9,8%), financiamento de casa (8,1%) e cheque especial (7,1%).

E para quem ainda utiliza o cartão de crédito de maneira desorganizada, Wilson Justo afirma que é hora de ‘discutir a relação’ com o produto. “O primeiro passo é não incorporar o limite do cartão de crédito a sua renda mensal. Antes de utilizá-lo, tenha seus objetivos bem determinados para que a dívida não acabe por se tornar uma bola de neve”, aconselha.

Abaixo, ele dá algumas dicas para as mulheres que desejam aproveitar todos os benefícios de seus cartões de crédito e fugir do endividamento:

• Procure adequar a data de vencimento da fatura ao recebimento do seu salário ou de outra renda mensal e recorrente;

• Saiba qual é a data de fechamento da fatura. As compras realizadas posteriormente serão debitadas apenas no mês seguinte e, com isso, ganham prazos de até 40 dias para serem pagas;

• Cuidado com os parcelamentos a perder de vista. Em momentos econômicos como o atual vivido pelo Brasil, aja com prudência e gaste apenas o necessário;

• Crie o hábito de guardar a sua via do recibo de compra com o cartão;

• Se o seu cartão tiver portadores adicionais, procure saber como sobre o seus gastos. Isso ajudará a evitar surpresas e, consequentemente, o desgaste nos relacionamentos;

• Procure não atrasar o pagamento da fatura, nem entrar no crédito rotativo (caso isto aconteça, que seja pelo menor tempo possível);

• Antes de sair de casa, saiba exatamente o que você precisa para não cair em tentação e comprar supérfluos;

• Por fim, também é possível utilizá-lo para um consumo saudável, como, por exemplo, cuidar da saúde, beleza e bem-estar. Afinal, pequenos mimos não fazem mal a ninguém.
Sobre a Sorocred
Fundada em 1990, a Sorocred é especializada em produtos e serviços voltados para a nova classe média brasileira. São mais de 30 modalidades entre cartões, concessão de crédito, investimentos e seguros.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP