TECNOLOGIA VESTÍVEL: VISTA-SE!

0

Pesquisa, planejamento, ação e atitude levaram o mundo da tecnologia a desenvolver produtos que podemos vestir e que nos conectam ao mundo e ao outro.

CARLOS FRANCO

Em 1998, num artigo intitulado “Wearable Computer”, Steve Mann escreveu que “um computador vestível é um computador que está alocado no espaço pessoal do usuário, controlado pelo usuário, e possui constância de operação e interação, ou seja, está sempre ligado e sempre acessível. Mais notavelmente, ele é um dispositivo que está sempre com o usuário, e permite que o usuário digite comandos ou os execute, enquanto anda ou faz outras atividades”. Resumindo o que norte-americano Steven Man, nascido em 1962, pesquisador, inventor e professor do Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores da Universidade de Toronto, no Canadá, quer dizer é que trata-se um computador para vestir. Tão imprescendível quanto qualquer peça de roupa sem a qual não saímos de casa.

Quando fez essa observação, Steve que é apaixonado por fotografia, já imaginava poder carregar equipamentos ao vestir-se, inclusive os que se conectam com a internet, pois mobilidade virou palavra de ordem em todo o mundo, um mundo, diga-se, em tempo real. Só em 2014, no entanto, os óculos apresentados pelo Google se aproximaram dessa ideia de computador para vestir. Os usos podem ser os mais diversos, inclusive para a saúde, o que permitirá acompanhar oscilações físicas além do pulso e da pressão sanguínea por meio de relógios e pulseiras conectados à internet.

Integrante do Google Developer Group no Nordeste, na bela e hospitaleira capital pernambucana, o Recife, Marcos Penha preparou uma apresentação pública clara, didática e objetiva do que é o “Werable Computer”, expressão que é bom se acostumar, pois vai entrar em nossas vidas, no nosso guarda-roupa cotidiano e vai nos vestir.

A tendência é um dos destaques do CES 2015, em Las Vegas, a maior feira mundial de produtos eletrônicos, de carros a computadores e é claro de tecnologia vestível como óculos, relógios e pulseiras que começa dia 5 de janeiro e encerra dia 9, depois da qual o futuro nunca mais será o mesmo.

Confira:

 

 

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Carlos Franco

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP