CALVIN HARRIS, SÓ DE CUECA, POR ARMANI

0

O escocês Calvin Harris, nascido Adam Richard Wiles, em 17 de janeiro de 1984, é sucesso em tudo o que faz. Produtor, compositor, cantor e DJ – o mais bem pago da atualidade, ele ficou só de cueca por Emporio Armani numa campanha para a dupla estação primavera-verão 2015, que começa agora, em março, no Hemisfério Norte. E o que esse vencedor do Grammy fez foi elevar ainda mais a temperatura no segmento de peças do vestuário masculino e a pressão feminina pelas peças.

 

 

POR YUME IKEDA, DE TOKYO

Depois de Calvin Klein convocar Justin Bieber para posar, exibindo o corpo e as tatuagens (reveja aqui), agora chegou a vez de Calvin Harris para Emporio Armani. Ele que é dono de uma gravadora e autor de sucessos como “We Found Love”, que rendeu a Rihanna prolongada permanência no topo dos hits internacionais, exibiu um corpo bem talhado, sem os excessos da malhação e dos anabolizantes e, como Bieber, as tatuagens, ainda que mais discretas.

A linha de peças íntimas masculinas de Emporio Armani, na realidade as cuecas, sempre foram bem talhadas, mas com Harris de modelo, foi possível aos estilistas delinearem mais, digamos assim, aquilo que ainda é mais íntimo, o que essas peças devem guardar com conforto e que a nova linha insinua – e como insinua no comercial. Emporio Armani é um dos desdobramento da grife mãe para atingir os mais jovens, que querem elegância com uma pitada a mais de modernidade e também, é claro, um preço menor em relação a Armani, grife famosa pela alfaiataria impecáveis ternos italianos.

Harris, um grande autor de sucessos, sabe o que faz e o faz versatilidade, assim como Emporio Armani. Afinal, as mulheres são as que mais apreciam peças íntimas masculinas de qualidade e acabam as comprando na impossibilidade de levaram o próprio Harris no pacote. Nem precisa dizer nada, a campanha é sucesso e está bombando nas redes sociais.

 

Share.

About Author

Comments are closed.