CAMPARI PARA COLECIONADORES

0

Campari traz para o público três diferentes rótulos em sua nova edição limitada. As versões colecionáveis, inspiradas em uma obra do artista italiano Fortunato Depero, serão lançadas no próximo Art Battle Brasil, uma inusitada proposta de living painting, amanhã, 27 , em São Paulo. Os rótulos exclusivos fazem parte do projeto global do Gruppo Campari chamado Art Label, uma iniciativa lançada em 2010 para celebrar o 150º aniversário da marca.

 

Em sua quarta edição no Brasil, o projeto escolheu a obra do italiano Depero para ilustrar as garrafas de Campari, que trazem modernas reinterpretações do desenho originalmente idealizado em 1933 para um projeto do pavilhão da marca para a Expo Milão. No Brasil, as edições serão lançadas no 14º Art Battle, uma nova proposta de entretenimento que oferece ao público arte, música, e interação com as obras e os respectivos artistas.

 

O público poderá ainda acompanhar o processo criativo de Tito Ferrara, o campeão nacional da primeira temporada do Art Battle, que a convite de Campari, fará a customização ao vivo dos labels da icônica bebida vermelha na garrafa especial de três litros. Quem for ao evento também terá a oportunidade de participar de uma ação que escolherá pelo Instagram a melhor foto do evento. O vencedor ganhará a exclusiva garrafa criada pelo artista.

 

Para Marina Santos, Diretora de Marketing da Campari do Brasil, a marca e a arte sempre andaram juntas. “Está em nosso DNA. Nada melhor do que celebrar o lançamento das edições limitadas de Fortunato Depero, que possui um longo histórico com a companhia, em um evento como o Art Battle. Estamos muito felizes, uma vez que teremos a oportunidade de falar com um público diverso que acompanha e gosta de arte. Com uma interpretação original, que adiciona cores e elementos inesperados à nossa icônica garrafa, Campari busca mostrar que tradição e modernidade podem andar juntas. Temos certeza de que nosso consumidor compartilha dessa filosofia e apreciará os novos rótulos”, afirma.

 

Sobre o Art Label Campari

 

Idealizado por Fortunato Depero em 1933, o projeto que marcaria a participação de Campari na Expo Milão daquele ano acabou não sendo executado. Desde então, a maquete criada pelo artista foi cuidadosamente preservada na Galleria Campari, instalada na sede da companhia em Sesto San Giovanni, Milão.

 

Com o objetivo de trazer uma identidade contemporânea ao projeto lançado este ano, Campari recorreu à especialista em cores Francesca Valan, consultora e colaboradora da X-Rite Pantone, autoridade global no assunto, para ajudar a selecionar os tons apropriados para o processo de modernização da arte, tendo em mente o que Depero escolheria se estivesse vivo.

 

Aproveitando a celebração do Ano Internacional da Luz (International Year of Light[1]), comemorado em 2015, a marca optou por iluminar e acrescentar cor ao desenho original. As cores de cada um dos três rótulos se complementam gerando um contraste marcante. O laranja foi combinado a cor ciano, o magenta ao verde-limão e o roxo ao amarelo, resultando em um grande impacto visual, com o efeito semelhante a um letreiro de neon e a sensação de profundidade.

 

Durante a seleção das cores, o inconfundível vermelho de Campari foi levado em consideração, como uma cor de fundo proeminente que faz o desenho de Depero saltar ainda mais, trazendo um rótulo atual para o século 21. Essa é a quarta edição especial de Campari lançada no Brasil. Artistas como Romero Britto e Ugo Nespolo já deixaram suas marcas em edições anteriores.

 

A edição limitada está disponível pelo preço sugerido de R$ 35,90.

 

[+] Sobre Tito Ferrara

 

Tito Ferrara é ex-diretor de arte, que após alguns anos trabalhando em agências de publicidade, resolveu deixar o escritório de lado para estampar a sua arte pelas ruas de São Paulo. Talentoso, imprime sua versatilidade e criatividade em seus grafites.

 

[+] Sobre o Art Battle

 

Uma batalha em que o público acompanha ao vivo todo o processo criativo de um grupo seleto formado por artistas que tem 20 minutos para pintar suas obras. Os idealizadores Ramon Sabbatini e Ana Luiza Primi se inspiraram em um projeto que já é sucesso em mais de 30 cidades do mundo, na esperança de trazer uma opção de lazer que realmente beneficiasse a plateia e os profissionais envolvidos. Nesta edição, o vencedor da última Art Battle, Sérgio Ricciuto, será desafiado por 13 novos artistas.

O Art Battle é uma grande plataforma para a exibição e venda de obras de artistas que vivem para a arte, mas ainda não conseguem viver dela. Tem o intuito de assegurar uma forma de expressão livre, acessível e democrática para que novas gerações possam estar cada vez mais perto tanto da criação como do consumo da arte nacional.

Share.

About Author

Comments are closed.