Cancioneiro Vinicius de Moraes

0

Há cerca de um mês e meio da data – 19 de outubro – de nascimento do grande poeta e compositor, a Editora Jobim Music publica Cancioneiro Vinicius de Moraes – Biografia e Obras Selecionadas, edição de luxo que reúne um livro de arte com a biografia, escrita por Sérgio Augusto, que conta e documenta, através de fotos, a história do também diplomata, jornalista e músico, além de cartas inéditas – a correspondência entre Vinicius e seus familiares e amigos – e entrevistas sobre música concedidas por ele; enriquecido pelo volume com os arranjos para piano de boa parte de sua obra musical, trabalho coordenado por Paulo Jobim. Os dois livros são envoltos em uma luva de polipropileno.

Além dos créditos já citados, o volume tem introdução de Eucanaã Ferraz, texto da contracapa por Chico Buarque, transcrição e edição dos textos por Maria Lucia Rangel, desenhos de Carlos Leão e coordenação editorial e direção de arte de Elianne Canetti Jobim.

A publicação dessa obra, com ênfase no Vinicius compositor, se soma à de Cancioneiro Vinicius de Moraes – Orfeu, com a qual a Editora Jobim Music comemorou em 2003 os 90 anos do poeta, uma edição com textos, desenhos, fotos e os arranjos para piano de toda a música do espetáculo que marcou o início de sua extraordinária parceria com Tom Jobim.

O lançamento de Cancioneiro Vinicius de Moraes – Biografia e Obras Selecionadas em São Paulo acontecerá em 3 de setembro, segunda-feira, a partir das 19h30, na Livraria Cultura (Av. Paulista, 2073), com as presenças confirmadas de Sérgio Augusto, Paulo Jobim, Susana Moraes, filha de Vinicius que apresenta a edição, e de Ana Lontra Jobim, coordenadora geral do projeto.

No Rio de Janeiro, a noite de autógrafos acontecerá em 12 de setembro, quarta-feira, a partir das 20h, na Livraria Argumento (R. Dias Ferreira, 417, Leblon), com as presenças confirmadas de Sérgio Augusto, Paulo Jobim, Susana Moraes, filha de Vinicius que apresenta a edição, e de Ana Lontra Jobim, coordenadora geral do projeto, entre muitos outros amigos, familiares e parceiros de Vinicius de Moraes.

Nos dois lançamentos, o poeta carioca Eucanaã Ferraz fará a leitura de textos de Vinicius de Moraes.

O livro estará à venda nas principais livrarias do país a partir de 4 de setembro, com  o preço de capa de R$ 215,00

Características dos livros – formato: 23 x 30,5 cm; papel miolo: couché matte 150 gr/m2; acabamento: capa dura e laminação fosca; impressão miolo: 5 cores; impressão capa: 4 cores; luva: polipropileno. Livro de Obras Escolhidas: 304 páginas. Livro Biografia: 176 páginas. Tiragem: 3.000 exemplares. Preço de capa: R$ 215,00. 

O Grupo Camargo Corrêa e a Camargo Corrêa Desenvolvimento Imobiliário, patrocinadores do projeto, têm grande satisfação de poder prestar essa homenagem ao poeta e escritor Vinicius de Moraes e contribuir, dessa forma, para divulgar a obra de um dos mais importantes nomes da nossa cultura.

 

 

A BIOGRAFIA

Reconta e documenta através de textos e fotos a história do poeta, diplomata, jornalista e músico Vinicius de Moraes (1913-1980) dando ênfase à sua trajetória musical. O material inédito, que pertence ao arquivo da família, inclui anotações que revelam seu processo de criação. Além da família, parceiros e amigos, também abriram seus arquivos de imagens e histórias. O texto é uma cuidadosa edição da fala transcrita de Vinicius de Moraes colhida de depoimentos do poeta.

 

 

SOBRE A MÚSICA DE VINICIUS, por Paulo Jobim

 

Para o repertório deste Cancioneiro Vinicius de Moraes, procuramos fazer uma seleção representativa de sua obra e várias parcerias. Partimos de uma lista inicial elaborada por Susana Moraes e de sugestões de Luciana de Moraes, com especial atenção às canções com música e letra só de Vinicius.

Além de incrível poeta, Vinicius era também compositor e tinha muita musicalidade. Eu me lembro dele, provavelmente em 1967, na nossa casa, tocando violão e cantando a Valsa de Eurídice e Medo de amar, de sua autoria, e o Poema dos olhos da amada e São Francisco, parcerias com Paulo Soledade. Assim, alguns dos arranjos destas músicas foram escritos com base nas harmonias que o Tom usava, que a meu ver não eram muito diferentes das harmonias originais do próprio Vinicius.

Ao escrever as partituras das músicas A casa e São Francisco, da Arca de Noé, eu precisei da ajuda de Georgiana de Moraes para confirmar alguns trechos de letra de que me lembrava e que não foram gravados, ou algumas notas das melodias originais. A música São Francisco escrevi com a melodia e a harmonia diferentes das que foram gravadas. São meras lembranças da infância, talvez a versão que Tom cantava, mas algumas coisas coincidem com as lembranças de Georgiana.

A música Por onde andará o amor é uma parceria inédita de Tom e Vinicius, que Tom pensou em gravar no seu último disco, Antonio brasileiro. Foi escrita de memória – a partir de um manuscrito da letra original de Vinicius, ainda com o título Tarde triste, encontrada no acervo do Instituto Antonio Carlos Jobim –, e com a ajuda de Thereza Hermanny, para os pedaços da melodia em que eu tinha dúvida. Foi incluída apenas como registro.

Os arranjos de Medo de amar e Serenata do adeus se basearam em arranjos manuscritos de Tom, também do acervo do Instituto. A letra de Bonita demais, encontrada nos manuscritos do acervo da Casa de Rui Barbosa, é uma versão original em português de Vinicius para a canção Bonita, de Tom, gravada em A Certain Mr. Jobim com a letra original em inglês, parceria de Tom com Gene Lees e Ray Gilbert. Usou-se o arranjo original de Claus Ogerman.

Nas músicas em parceria com Tom, foram usados os arranjos do Cancioneiro Jobim. Para escrever os arranjos ou adaptações, nos baseamos nos arranjos existentes, procurando ser fiéis às versões originais, citando os autores, quando possível.

Os arranjos da maravilhosa parceria de Vinicius com Baden Powell quem escreveu foi o pianista Philippe Baden, seu filho. A partitura da parceria com Cláudio Santoro é a original.

As partituras das músicas em parcerias com outros compositores foram escritas por Ricardo Gilly, devido a seu trabalho nos songbooks de Almir Chediak, quando teve contato com Edu Lobo, Carlos Lyra e Francis Hime.

 

MÚSICAS

 

Em Obras Seleciondas, 57 músicas de Vinicius com 15 parceiros, entre eles: Tom Jobim (Chega de Saudade, Garota de Ipanema, Insensatez e outras), Baden Powell (Samba da Benção, Formosa, Canto de Ossanha, entre outras), Carlos Lyra (Primavera, Minha Namorada, Você e Eu), Edu Lobo (Arrastão. Canto Triste), Chico Buarque (Desalento, Valsinha) Toquinho (Carta ao Tom 74, Tarde em Itapoá, Samba de Orly, também com Chico Buarque), Francis Hime (Sem Mais Adeus), além de Pixinguinha, Ary Barroso, Antônio Maria, Moacir Santos Francis Hime, além de Vinicius sozinho (Pela Luz dos Olhos Teus, Serenata do Adeus e outras).

 

SÉRIE CANCIONEIRO DA EDITORA JOBIM MUSIC

 

O Cancioneiro Vinicius de Moraes – Biografia e Obras Escolhidas dá continuidade à linha inaugurada com o Cancioneiro Jobim, lançado em 2000/2001 pela Editora Jobim Music, que teve a primeira edição do volume Obras Escolhidas esgotada em menos de um ano e a segunda edição revista lançada em abril de 2002. Seguiram-se: Cancioneiro Jobim – Obras Completas (cinco volumes, de 2001); Cancioneiro Vinicius de Moraes – Orfeu (2003) e Cancioneiro Humberto Teixeira – Biografia e Obras Escolhidas (2006). Já está em produção, com lançamento previsto para 2008, o Cancioneiro Chico Buarque.

Share.

About Author

Comments are closed.