Cavage mostra todo seu luxo em Paris e Nova York

0

A grife gaúcha Cavage, que desde 1998 é conhecida pelos seus sapatos e acessórios luxuosos, participa pela primeira vez de duas importantíssimas feiras internacionais: a Midec em Paris, de 7 a 9 de setembro e a Coterie em Nova York, de 18 e 20 de setembro.

Com destaque cada vez maior na moda brasileira graças aos seus sapatos e acessórios fabricados com matérias-primas diferenciadas como couros refinados, cristais Swarovski e tecidos importados, a Cavage apresenta toda a sua inspiração rocker para a coleção Primavera-Verão. A dupla de criação, Geane Silva e Vicente Hoffmann, homenageiam Raul Seixas, ícone da música brasileira, dando nomes de algumas músicas do cantor aos modelos desta nova coleção.

Seguindo a tendência futurista, a grife aposta em muitos detalhes espelhados e uma cartela de cores ácida! Muito amarelo, vermelho, roxo, verde, rosa e azul. A grande novidade fica com o python pintado a mão, um luxo só! Entre os materiais utilizados estão o verniz, peles exóticas, como o python, PVC transparente, mirror (tipo de couro espelhado) e legônia.

A peça chave da estação é o sapato peep toe de bico quadrado ou redondo. Os saltos variam entre 7,5 e 10 cm, com muitos saltos quadrados, marca registrada da Cavage. As sapatilhas, super confortáveis, aparecem com força total. A grife lança também novos modelos de plataformas gostosas de usar.

As bolsas aparecem em python, verniz e mirror, nos modelos maxi e pequena, além de carteiras. Nesta coleção de verão as bolsas da Cavage vêm com forros coloridos em cores que contrastam com a parte de fora da bolsa. As carteiras de festa vêm com fivelas em strass, supersofisticadas!

A marca, que vende para 60 multimarcas espalhadas por todo o país, além de exportar, desde 2005, para seis pontos de venda distribuídos entre Estados Unidos (Chicago, Miami e Nova York), Portugal (Lisboa) e Inglaterra (Londres), quer expandir ainda mais seus mercados. Para se ter uma idéia, só ano passado a grife exportou 60% a mais do que em 2005. E para este ano, a expectativa de crescimento em vendas, nacional e internacional, é de no mínimo, 50%.

 

Share.

About Author

Comments are closed.