DOLCE & GABBANA NOS BRAÇOS DE ARIANO SUASSUNA

0


O genial pernambucano Ariano Suassuna sempre pontuou que para ser nacional, é preciso antes ser local, assim torna-se nacional pelas diferenças, cores, sabores e amores, linguagens culturais, e, sendo nacional, torna-se global, internacional. A grife italiana Dolce & Gabbana segue a máxima do escritor à risca, no corte, nas costura, nos bordados, na textura, nas cores e nos amores de uma Itália que sempre conviveu com as diferenças e as trouxe para as bases da sua cultura, da sua linguagem com o mundo ao redor. São as cores de Napolis, a sua gente, o tempero napolitano das ruas que Dolce & Gabbana apresenta em sua mais nova coleção, e é assim, com um pé na bota, que joga ao mundo uma criação carregada dessa aparente desordem italiana resultado da múltipla convivência, mas que oferece uma experiência única de bem viver. É uma grife que vai voltando às suas raízes e, assim, conquistando ainda mais terreno, também pelo respeito como o vídeo lançado este mês para marcar o seu desembarque em Tokyo.

 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.