MÉDICOS SEM FRONTEIRAS REFORMULA SITE PARA FACILITAR DOAÇÕES

0

Desenvolvida pela Itelios, plataforma gera contribuições pela internet, facilita captação de recursos e melhora experiência do usuário.

Para responder prontamente a emergências e levar cuidados de saúde a pessoas afetadas por graves crises humanitárias, a Médicos Sem Fronteiras (MSF) depende de doações privadas – cerca de 90% de sua receita é oriunda dessa fonte. A organização internacional remodelou sua página web no Brasil com a ajuda da Itelios (www.itelios.com.br) – consultoria de tecnologia especializada em e-commerce e conteúdo – para garantir que o processo de doação pela internet fosse mais eficiente, além de melhorar a oferta de informações à população.
Com a nova plataforma, após campanhas da MSF na TV, o porcentual dos que preferem doar pelo site subiu de 65% para 75%, quando comparado aos que optam por utilizar o call center. Isso permite à organização otimizar a quantia arrecadada, pois o custo de manutenção da página web é inferior ao de manter uma equipe de atendentes para processar as doações via telefone. Além disso, as contribuições feitas por meio de celulares e tablets subiram de 25% para 30%.
A reformulação começou em meados de 2014, a partir de uma demanda internacional. “A ideia era unificar todos os sites da MSF em um mesmo sistema de gestão de conteúdo, no caso o Drupal. Procuramos uma empresa brasileira especializada na plataforma e avançamos com o projeto. Foi duplamente positivo: além de ser uma necessidade internacional, o site anterior já estava obsoleto”, conta Jéssica Urdangarin, coordenadora de comunicação digital da organização.
O trabalho com a Itelios simplificou o preenchimento de formulários para doação, facilitou o processo como um todo, permitiu gerar relatórios mais eficientes, trouxe responsividade ao mobile, assim como melhorou a interface utilizada pela equipe para criar e distribuir conteúdo informativo. “Somos um caso bem específico, já que, por um lado, nossa estrutura é semelhante a um e-commerce, em que os usuários efetuam transações online, mas, por outro, não há um produto sendo adquirido, o doador tem um ato de solidariedade e não espera de nós nada em troca, apenas a boa gestão dos recursos. Por isso o processo precisa ser fácil e sem erros”, afirma Jéssica.
Outra preocupação da Itelios foi garantir que o site da MSF nunca saísse do ar. “Se deixamos de receber doações, os esforços para salvar vidas são diretamente afetados”, explica Jéssica. Para tanto, a página foi programada para ser capaz de se auto-escalonar: frente a um tráfego repentinamente grande, automaticamente mais espaço no servidor é utilizado. Segundo Rafael Ruppel, diretor da Itelios no Brasil, isso garante a autonomia para que o endereço funcione normalmente mesmo num caso onde, por exemplo, um desastre ambiental faça com que uma multidão decida doar ao mesmo tempo.
“Somos enablers”, explica Ruppel. “Entendemos os desejos e necessidades do cliente com relação à web e criamos a tecnologia necessária para torná-los realidade. Conseguimos trabalhar com esse nível de especificidade porque temos um background de empresa grande, mas agilidade de equipe pequena”, diz ele. “Isso nos permitiu expandir a operação no Brasil em 50% só neste ano.”
Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP