CES 2017: HONDA APRESENTA O SEU CONCEITO DE MOBILIDADE

0

A Honda demonstrou, durante a CES 2017, maior feira de tecnologia do mundo, que acontece em Las Vegas, Nevada, USA, seu conceito de Ecossistema de Mobilidade Cooperativa, que conecta o poder da inteligência artificial, robótica e big data para transformar a experiência de mobilidade no futuro e melhorar a qualidade de vida dos clientes.

Apresentando uma série de protótipos e demonstrações de tecnologia, o conceito prevê um futuro no qual os veículos se comunicarão entre si e também com a infraestrutura ao redor para mitigar os congestionamentos e eliminar fatalidades no trânsito, enquanto ainda oferece novos tipos de experiências de entretenimento a bordo. Além disso, os veículos possibilitarão a prestação de serviços autônomos quando não estiverem sendo utilizados por seus proprietários.

A Honda também anunciou projetos em colaboração com a Visa, com o estúdio de animação Dreamworks e startups de inovação por meio do Estúdio Desenvolvedor Honda e dos programas de inovação aberta Honda Xcelerator, sediados no laboratório da marca no Vale do Silício.

Alinhado ao tema de Ecossistema de Mobilidade Cooperativa, a Honda mostrou o Honda NeuV, um conceito de mini-veículo elétrico automatizado, equipado com mecanismo de inteligência artificial (AI) denominado “motor emocional”, e um assistente pessoal automatizado, criando novas possibilidades para interações humanas e novos valores para os clientes.

A empresa global de mobilidade também apresentou o Honda Riding Assist – Assistência de Condução Honda – um conceito de motocicleta que aplica as tecnologias de robótica da Honda para manter o equilíbrio.

Os visitantes poderão testar ainda o UNI-CUB, dispositivo de mobilidade individual da marca que se movimenta conforme a inclinação do corpo. “Desde o início, a Honda está focada em criar tecnologias que ajudem as pessoas”, afirma Yoshiyuki Matsumoto, Presidente e CEO da Honda R&D (Research and Development), subsidiária do grupo Honda dedicada à pesquisa e desenvolvimento. “Nosso objetivo é demonstrar os futuros caminhos da tecnologia, que resultarão em experiências de mobilidade remodeladas”, acrescenta.

Conheça um pouco mais dos produtos e conceitos de tecnologias apresentados na CES.

Assistência de Condução para Motocicletas

A tecnologia Riding Assist eleva o potencial das tecnologias robóticas da Honda para criar uma motocicleta autoequilibrável, que reduz significamente a possibilidade de queda enquanto a moto está parada. Ao invés de confiar em giroscópios, que acrescentam uma grande quantidade de peso e alteram a experiência de pilotagem, o Honda Riding Assist incorpora a tecnologia originalmente desenvolvida para o dispositivo de mobilidade individual UNI-CUB.

Honda NeuV    

Concebido para criar novas oportunidades para os clientes, o NeuV surge como um novo veículo elétrico urbano cuja origem está no fato de que os veículos de propriedade individual ficam ociosos 96% do tempo. O NeuV explora a ideia de como criar novos valores para seu dono ao funcionar como um veículo automatizado de compartilhamento de caronas, buscando e levando passageiros aos seus destinos quando o proprietário não estiver usando o carro. O NeuV também pode vender energia para a rede elétrica em épocas de alta demanda, quando não estiver em uso. Essas atividades tem o potencial de criar novos modelos de negócios para clientes empreendedores. “Nós criamos o NeuV para agregar valor ao proprietário ao otimizar e monetizar o período de ociosidade do veículo”, disse Mike Tsay, Designer da Honda R&D.

O Neuv também funciona como um pensativo e útil assistente de inteligência artificial utilizando um “motor emocional”, uma tecnologia desenvolvida pela Honda e Softbank. Denominada HANA (Assistente de Rede Automatizado Honda), em sua aplicação no NeuV, esse “motor emocional” aprenderá com o motorista ao detectar as emoções por trás de suas atitudes e, a partir daí, com base em seu  histórico de decisões, fará novas escolhas e recomendações. O HANA poderá verificar o bem-estar emocional do condutor, fazer recomendações musicais baseado em seu humor e auxiliar a rotina diária do proprietário.

O NeuV tem um painel de interface totalmente touchscreen, possibilitando ao motorista e passageiro terem uma experiência intuitiva e conveniente. O veículo possui dois assentos, espaço para armazenamento ao fundo e um skate elétrico para o último trecho do trajeto.

Safe Swarm

Na CES, a Honda também lançou o conceito “Safe Swarm”, que utiliza propriedades da biomimética para conceber uma experiência de condução mais segura, eficiente e agradável. A demonstração do Safe Swarm coloca os visitantes em um mundo onde os veículos se comunicam entre si usando uma comunicação de curta distância (DSRC) para auxiliar o condutor em situações de dificuldades. O Safe Swarm permite os veículos agirem cooperativamente em uma mobilidade mais eficiente, menos estressante e, por fim, livre de colisões.

“A era autônoma chegou e, a Honda, como todas as fabricantes de automóveis, está trabalhando para aperfeiçoar e avançar esta tecnologia para atingir nosso objetivo de uma sociedade livre de colisões até 2040 “, disse Frank Paluch, presidente da Honda R&D Americas. “Usando as comunicações veículo-para-veículo e veículo-para-infraestrutura e aproveitando big data e inteligência artificial, a Honda trabalhará para criar um ambiente em que as condições da estrada serão previsíveis e gerenciadas e as colisões evitadas”.

Honda UNI-CUB

Os visitantes da CES poderão experimentar o dispositivo de mobilidade pessoal da Honda, o UNI-CUB, que permite que o usuário controle a velocidade, mova-se em qualquer direção e pare, simplesmente deslocando o peso corporal.  Recentemente, a empresa abriu o API do UNI-CUB para facilitar a criação de um software que permita controlar o dispositivo por um smartphone e outros dispositivos, fornecendo o potencial de expandir o valor e funcionalidades para as pessoas.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP