UM SOFTWARE REGE O METROPOLIS STUDIOS

0
Sediado em uma antiga central elétrica ferroviária do início do século 20 em Chiswick, região metropolitana de Londres, é no Metropolis Studios que metade das músicas do Top-40 britânico é gravada, mixada, masterizada ou tratada. Com 25 anos de vida, o estúdio se acostumou a ter em suas salas estrelas como Lana Del Rey, Rolling Stones, Adele, U2 e Rihanna, entre outros músicos tão exigentes quanto. Mas nos últimos anos o complexo de estúdios padecia de um mal inerente ao crescimento: em lugar de investir suas melhores energias no atendimento aos músicos, os profissionais do Metropolis vinham sendo obrigados a dividi-las com atividades cotidianas burocráticas de administração da empresa.

A solução para o caso nasceu das mãos e do cérebro de Oli Sussat, diretor de Marketing, Comunicações e Tecnologia do Metropolis. Depois da tentativa frustrante de usar um software SAP, Oli sugeriu repensar a situação “fora da caixa”. Familiarizado com o FileMaker e com sua capacidade de gerar soluções personalizadas para rodar em iPad, iPhone, Windows, Mac e web, Sussat começou ele mesmo a trabalhar na criação de um software financeiro focado na forma de operação do estúdio.

O módulo ficou pronto em semanas e, desde o início de uso, substituiu com vantagens o SAP nas operações financeiras, de faturamento e crédito. Dias após a estreia da nova aplicação, a equipe do Metropolis percebeu o potencial do FileMaker para fazer diferença nas outras áreas do negócio que queria bombar – e a revolução começou.

“Ter uma solução customizada FileMaker foi a melhor coisa que fizemos para cuidar do estúdio de ponta a ponta”, diz Ian Brenchley, CEO do Metropolis. “É incrível. Integramos o sistema a todas os departamentos, do Financeiro até a área dos engenheiros de som. Além de tudo funcionar com mais fluidez e velocidade, a gente trabalha no que for preciso de qualquer lugar. É uma revolução para o Metropolis”.

Após a entrada do sistema na área financeira não foi preciso muito tempo para que o Metropolis estivesse usando o FileMaker para lidar com todas as tarefas de agendamento e reserva de seus quatro estúdios de gravação. Além disso, outro aplicativo interligado, também criado na plataforma, passou a cuidar da captura de dados para os artistas e engenheiros de som quando uns ou outros precisavam fazer anotações ou registrar informações sobre áudios e vídeos criados no Metropolis.

“Hoje o FileMaker é fundamental para nos manter na vanguarda do mercado. Sem exagero, é o que nos deixa fora da curva em relação a outros estúdios”, diz Oli Sussat.

“Pra nós, isso é vital ao trabalhar com alguns dos maiores nomes da música. Nos tornamos um negócio melhor conectado, estamos expandindo nossas credenciais internacionais e passamos mais tempo com os músicos. O FileMaker não vem só dando apoio ao negócio – ele vem viabilizando o negócio.”

Um “subproduto” bacana da automação, logo descoberto pelos músicos, é que eles podem se conectar por meio de seus tablets e notebooks aos sistemas do estúdio via navegador móvel. Essa facilidade, dada pelo FileMaker WebDirect, permite que músicos ou produtores reproduzam áudio ou vídeo dentro do próprio layout do sistema FileMaker Pro, sem necessidade de ficar pulando entre aplicativos para fazer comentários ao vivo e inserir dados em um clipe ou faixa sonora.

No Brasil também
No Brasil, a produtora de áudio e sound branding e-Noise vive uma revolução semelhante à do Metropolis com o uso de tecnologia FileMaker.

Com quatro estúdios e um staff criativo de primeira grandeza, a e-Noise é destaque no concorrido mercado publicitário de São Paulo e tem em um software desenvolvido em FileMaker o grande aliado para gestão integrada de processos para produção de jingles, spots, trilhas e sound logos.

Até 2012 a empresa usava um sistema para criar e gerenciar jobs, mas isso era pouco para fazer frente ao crescente fluxo de informações entre mercado, empresa e clientes. “Decretamos o fim do software engessado”, diz Rodrigo Prado, sócio da e-Noise. “Queriamos algo tão ágil e dinâmico quanto a e-Noise e o mercado publicitário”, completa Oswaldo Esperandio, outro dos sócios da produtora.

A solução veio através da Implement Systems, integrante da rede brasileira de canais da FileMaker. Nascia assim o ERP Implement Áudio, criado sob a batuta do desenvolvedor Claudio Heidemann.

“Sistemas sob demanda requerem uma sinergia muito grande entre desenvolvedor e cliente, algo que tivemos desde o início com a e-Noise e que deu a base para um ERP na medida das necessidades da empresa”, diz Heidemann, CEO da Implement Systems.

Desenvolvido e implantado em apenas três meses, o Implement Áudio promoveu integração entre procedimentos (orçamentos e produção) e setores (administrativo, financeiro e de atendimento) da e-Noise, facilitando os controles operacionais e da agenda de gravação, pagamentos e recebimentos, e diminuindo para minutos tarefas que antes eram executadas em horas.

“Todos os processos da empresa, desde o primeiro contato com o cliente até o cadastro dos fornecedores, ganharam agilidade com reflexos positivos em produtividade e na sintonia fina de qualidade no trabalho para as peças publicitárias de áudio”, diz Eduardo Milreu. “Além disso, agora temos a liberdade de acessar o sistema também em nossos iPhones e iPads”.

Sobre a FileMaker, Inc. – A FileMaker, Inc. é uma subsidiária da Apple focada em capacitar equipes para criar com facilidade soluções de negócios para iPad, iPhone, Windows, Mac e web. Milhões de usuários, de pessoas físicas a algumas das maiores companhias do mundo, usam soluções criadas com a Plataforma FileMaker para simplificar processos de negócios, gerenciar informações críticas e aumentar a produtividade.
Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP