e-Desenvolvimento no Brasil e no Mundo

0

Em 16 de setembro de 2007, na XIII Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, a Yendis Editora lança a obra e-Desenvolvimento no Brasil e no Mundo: Subsídios e Programa e-Brasil. Será realizada uma sessão de autógrafos com os organizadores da obra, além de solenidade oficial, que reunirá convidados ilustres e autoridades.

A publicação, esperada por diversas empresários e gestores da área de desenvolvimento tecnológico e políticas públicas, promete ser um marco em termos de e-governo e inclusão social estratégica.    
A Bienal do Rio de Janeiro será realizada de 13 a 23 de setembro de 2007. A Yendis Editora mostrará esse e outros lançamentos, além de parte de seu acervo, no estande 188B, no Pavilhão Azul.


Sobre a obra


Acelerar o desenvolvimento socioeconômico por intermédio das tecnologias de informação e comunicação é uma estratégia de êxito em vários países desenvolvidos. Essa idéia, aliás, ganha corpo em todo mundo. Já tornou o Canadá líder em e-governo e inclusão social, contribuiu para a Coréia triplicar o seu produto interno bruto (PIB), levou o Chile a superar nosso país e assumir a liderança do ranking de governo eletrônico na América Latina e ainda transformou a Finlândia no país mais competitivo do mundo.

O Brasil tem experiências muito significativas nessa área, como na Receita Federal, com o imposto de renda eletrônico, no processo eleitoral, com as urnas eletrônicas, e na Previdência Social, que já oferece várias formas de atendimento via internet. Porém, ainda há muito por se fazer. Se atualmente diversos municípios digitais são sinônimos de vanguarda com banda larga ubíqua, parcerias com universidades, com organizações não-governamentais, com o setor privado e com entidades públicas, o que falta para o passo definitivo capaz de colocar nosso país entre os líderes em Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC)?

Essa e outras questões que devem pautar um dos mais importantes debates nacionais das últimas décadas são tratadas com profundidade em novo lançamento da Yendis Editora, em parceria com a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico: o livro e-Desenvolvimento no Brasil e no Mundo: Subsídios e Programa e-Brasil. Organizado por Peter Titcomb Knight – um dos idealizadores do Projeto e-Brasil e presidente da Telemática e Desenvolvimento Ltda –, Ciro Campos Christo Fernandes – gestor governamental vinculado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e doutorando da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (EBAPE-FGV)– e Maria Alexandra Cunha – professora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná e consultora da BRISA – o livro oferece subsídios para a concretização de uma sociedade de informação voltada para a educação e a qualificação de todos os cidadãos. Mostra como democratizar e universalizar o acesso à tecnologia, e como promover a convergência digital – passando pela informática, pelas telecomunicações e pela televisão digital.

“Este livro é um acervo de capital intelectual para uso intensivo das tecnologias de informação e comunicação, resultando em uma sociedade mais justa e uma economia mais competitiva. O fundamental para que isso aconteça é que os líderes políticos façam disso uma prioridade. Afinal, é técnica e financeiramente possível realizar o e-desenvolvimento no Brasil. Nosso livro, o mais completo e bem fundamentado trabalho sobre o tema, traz recomendações para políticas de Estado a serem seguidas durante vários governos para realmente transformar o Brasil em nação desenvolvida”, explica Peter Knight.

É consenso, aliás, que o Brasil deve avançar em direção ao governo eletrônico, possibilitando à administração pública a utilização de canais eletrônicos para melhorar a prestação de serviços aos cidadãos, otimizar seus trâmites internos e apoiar o processo decisório.

“As tecnologias de informação e comunicação permitem que as empresas e o governo reduzam custos e explorem novas formas de relacionamento com seus clientes, por meio de transações eletrônicas. Assim, as empresas podem prestar um serviço melhor e mais ágil. Com isso, haverá mais incentivo para expansão de atividades e competição em um mundo globalizado que vive mudanças tecnológicas muito rápidas. Os governos também podem transformar seus padrões de atendimento por meio da internet, explorando os novos canais de comunicação eletrônica com o cidadão usuário dos serviços públicos. Todos ganham, o que representa um componente importante para a sustentação do desenvolvimento econômico, com a melhor qualificação profissional da população e a inclusão social”, pondera Ciro Fernandes.

O livro E-Desenvolvimento no Brasil e no Mundo: Subsídios e Programa e-Brasil não traz fórmulas mágicas. Tenta demonstrar que uma ação desse porte exige políticas bem estruturadas, prioridades claras e uma liderança forte na cúpula dos governos, o que repercutirá diretamente na competitividade e nos níveis de bem-estar do país. Indica a existência de recursos e oportunidades a serem aproveitados, como os 16 mil quilômetros de fibras ópticas da Eletronet, satélites para levar a banda larga para todos os cantos do país, assim como novas tecnologias, Wi-Fi, WiMAX e a TV digital, que em breve será uma realidade na vida de todos os brasileiros

Dividido em sete partes, aborda o Projeto e-Brasil e seus objetivos, a discussão em torno do e-desenvolvimento, o Programa e-Brasil e suas políticas públicas, além da experiência de outros países como fonte de inspiração.

Em 1.008 páginas e quarenta capítulos, a obra faz uma radiografia completa do e-desenvolvimento no Brasil. Sua representatividade e a pertinência da abordagem do tema são reconhecidas por autoridades públicas e do meio tecnológico, como Luiz Fernando de Souza, vice-governador do Estado do Rio de Janeiro que iniciou a implantação do Piraí Digital, Fernando de Souza Meirelles, diretor da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas, e Albert Fishlow, diretor do Instituto de Estudos Latino-Americanos e do Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Columbia, EUA.

A equipe de autores tem nomes de primeiríssima linha, como Tadao Takahashi, idealizador do Programa Sociedade da Informação, Roberto Agune, ex-coordenador e um dos criadores do Sistema Estratégico de Informações do Governo do Estado de São Paulo, Vanda Scartezini, membro do Board de diretores da ICANN, órgão gestor da internet mundial e o professor Franklin Dias Coelho, assessor da pró-reitoria de extensão para assuntos de desenvolvimento local e interiorização da Universidade Federal Fluminense e importante liderança do movimento de cidades digitais, assim como Fernando Bittencourt, diretor de engenharia da TV Globo. Entre os colaboradores internacionais, autoridades como Jorma Routti, coordenador dos programas de política econômica e estratégia nacional da Finlândia, Nagy Hanna, especialista em estratégias de e-desenvolvimento e Patrício Gutierrez, coordenador para e-governo do Chile.

Voltado para assessorias políticas, acadêmicos, consultores e empresas do setor de TIC, e-Desenvolvimento no Brasil e no Mundo: Subsídios e Programa e-Brasil tem prefácios do ex-ministro do Planejamento João Paulo dos Reis Veloso, de Manuel Matos, presidente da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, e de Roberto Aroso Cardoso, presidente da Associação Brasileira de Telecomunicações.

www.yendis.com.br

Share.

About Author

Comments are closed.