Estadao.com.br defende ética e bom jornalismo também na internet

0

A qualidade da informação, a credibilidade e a responsabilidade pelo noticiário são atributos dos quais o jornal O Estado de S. Paulo não abre mão, seja em sua versão impressa ou virtual. Para a direção do Grupo Estado, isenção é uma das pedras fundamentais do bom jornalismo, prática adotada há 132 anos pelo veículo. Somente a partir de uma base consolidada como esta, o Grupo Estado pôde inovar e colher os resultados positivos com a reformulação, há um mês, do portal Estadao.com.br.

Em meio à multiplicidade de informações, diversidade de opções e caminhos para o internauta manter-se atualizado e formar sua opinião, o Estadao.com.br surge como uma referência de credibilidade. Ao desenvolver a convergência de conteúdos entre diversas mídias, o Grupo reforça e pratica a importância atribuída aos novos formatos de comunicação com utilização de ferramentas de interatividade, blogs e participação de leitores.

Esse comprometimento com a extensão da qualidade também para o meio virtual foi o mote da bem humorada campanha publicitária criada pela Talent e que gerou tanto debate nos blogs na semana passada. A ampla repercussão das peças, sobretudo nos meios virtuais, demonstra a força e o imediatismo desses canais, com amplo espaço para discussões sobre a ética na web. Ricardo Gandour, diretor de Conteúdo do Grupo Estado, lembra que o portal reúne atualmente 18 blogueiros, o que demonstra a importância dessa mídia para a empresa. “Além disso, todas as matérias, inclusive a versão digital de textos publicados nos jornais do dia, têm espaço para o comentário e para o debate. Jornalismo é interativo, mas tem que ser sério”, comenta.

Atento a essas questões, o jornal amplia as discussões sobre conteúdo digital e promove mesa-redonda no dia 29, quarta-feira, às 19h30, com o tema Responsabilidade e Conteúdo Digital, no WTC (Avenida das Nações das Unidas, 12.551) em São Paulo. Estão confirmadas as presenças de Paulo Lima, fundador e editor da Trip Editora, como moderador; João Livi, diretor de Criação da Talent; Gilson Schwartz, professor da ECA – USP, responsável pela Cidade do Conhecimento; Pedro Dória, jornalista do Estadão; Marcelo Salles Gomes, diretor de Núcleo Digital do Meio & Mensagem; Carlos Merigo, do blog Brainstorm#9; Bruna Calheiros, do Blog Hiperativo & Sedentário; Otavio Barbosa de Oliveira, presidente do Interactive Advertising Bureau Brasil. O evento, aberto ao público, será também transmitido ao vivo no Estadao.com.br pela TV Estadão, com possibilidade de os leitores e internautas fazerem perguntas via e-mail. E para participar do evento os interessados devem ligar para (11) 6972.1390  (R.S.V.P.) ou acessar o site estadao.com.br/mesaredonda.

A favor da boa conduta – Em maio deste ano, o portal Estadao.com.br lançou o selo Responsabilidade Online, resultado de um conjunto de normas a fim de estabelecer parâmetros de comportamento no espaço virtual. Ao clicar no selo, o usuário tem acesso às normas de conduta digital do portal. “Todo blogueiro deveria apoiar a campanha e rir com ela. No universo da informação saber quem fala é tão importante quanto saber o que se fala. Credibilidade é o principal ativo das empresas de comunicação e é isso por uma razão muito simples: quem lê, ouve, vê algo quer saber quais os critérios, as razões, os interesses de quem conta, mostra, informa, divulga”, diz o editor-chefe de Conteúdo Digital Marco Chiaretti.

Share.

About Author

Comments are closed.