GM APRESENTA A NOVA S10

0

Além de mudanças visuais e de acabamento, a Nova S10 estreia no Brasil com importantes evoluções mecânicas e de conteúdos que a posicionam como a mais tecnológica do segmento. Referência em robustez e força, a picape da Chevrolet, com este novo conjunto, estabelece um patamar de sofisticação e modernidade nunca antes encontrado em picapes médias nacionais.Tudo para atender aqueles consumidores que buscam um veículo 4×4 valente e multifuncional também para o uso urbano – como já ocorre nos Estados Unidos, onde as “trucks” imperam.

“Pegamos o conceito da versão norte-americana da picape Colorado e o trouxemos para a Nova S10. Assim, a picape brasileira reforça sua capacidade todo-terreno agregando o conforto de um carro de passeio”, explica Marcos Munhoz, vice-presidente da General Motors.

Para isso, a parte estrutural do modelo foi retrabalhada. Os conjuntos de suspensão e de freio, por exemplo, são novos; enquanto os sistemas de controle de vibrações e de ruídos foram aperfeiçoados.

A introdução da direção elétrica inteligente também contribuiu para uma melhor dirigibilidade do veículo, principalmente em trechos urbanos. O sistema da Chevrolet é dotado de tecnologias que compensam inclinação da via em longos percursos e reduzem trepidações geradas pelo desbalanceamento das rodas.

A Nova S10 está até 5% mais econômica, graças à utilização de materiais mais leves, de novos componentes mecânicos e de soluções aerodinâmicas inovadoras. Mas ela continua sendo a mais potente e forte do segmento de picapes, tanto na configuração 2.8 TurboDiesel (200 cv) como na 2.5 Flex (206 cv).

Do ponto de vista estético, no entanto, a versão 2017 da picape é logo percebida pela nova identidade visual, em sintonia com o DNA global da marca. As mudanças evidenciam a robustez e o prestígio do produto.

Novo design
A maioria das novidades está na parte dianteira. O capô ganhou esportividade com a cavidade esculpida na parte posterior. A grade foi alongada até os faróis, que também foram completamente redesenhados e podem ter uma guia de luz em LED (DRL), conferindo uma assinatura luminosa peculiar ao modelo.

O para-choque traz apêndices aerodinâmicos nas extremidades emoldurando as luzes auxiliares, e uma espécie de peito de aço, no meio, logo abaixo da moldura da placa, reforçam o estilo musculoso do carro.

Na lateral, destacam-se os retrovisores com repetidores de pisca e as rodas de alumínio inéditas. Elas ajudam a reforçar a percepção de que a picape está maior e mais requintada. São aro 16 nas versões de entrada (LS e LT) e aro 18 nas mais sofisticadas, representando um upgrade para o modelo LTZ (luxo). Já no topo de linha High Country, esse tamanho de roda é tradição.

Na traseira da Nova S10, a novidade aparece na tampa da caçamba, que a partir de então pode vir com uma discreta câmera de ré embutida na maçaneta, preservando assim o visual harmônico do conjunto.

O compartimento de carga ganha diferentes tipos de cobertura conforme a configurações e há opção de lanternas com LED.

Em relação a paleta de cores, o Azul Old Blue Eyes e o Preto Ouro Negro fazem sua estreia na linha 2017 da picape. Elas se juntam às já existentes Prata Switchblade, Branco Summit, Vermelho Chili e Cinza Graphite.

Prestígio interno
A cabine também acompanha o salto de sofisticação. Os materiais são mais refinados e agradáveis ao toque (soft touch), enquanto os painéis de instrumentos e de portas foram completamente remodelados para trazer melhor ergonomia e acomodar a maior quantidade de itens de série – alguns inéditos para a categoria.

Os principais traços do habitáculo foram inspirados na picape-conceito X-Treme, que a Chevrolet exibiu recentemente no Salão de Bangcoc, na Tailândia.

A Nova S10 traz quadro de instrumentos bastante completo e de fácil leitura. Ele pode incluir computador de bordo de última geração com informações abrangentes, como velocímetro digital e parâmetros de manutenção do veículo, incluindo a vida útil do óleo –relevante para veículos que são submetidos a condições severas de uso.

O computador de bordo ainda possui a interessante função “ECO”, que auxilia o motorista a conduzir o veículo de uma maneira a privilegiar o menor consumo de combustível. O motorista consegue ainda consultar a pressão dos pneus. A novidade alerta quando algum deles sai da especificação mínima recomendada pelo fabricante.

O centro do painel ficou mais imponente com as saídas de ar majoradas e com o multimídia MyLink de segunda geração com GPS. O sistema passa a agregar tela de alta resolução e novas funções, entre elas o Android Auto e o Apple CarPlay.

Na prática, isso significa maior possibilidade de interação entre o veículo e o smartphone do usuário. E o melhor: com a opção de comandos de voz, para que o motorista não precise tirar as mãos do volante ou o foco do trânsito.

Os apoios de braços e os puxadores de portas também foram retrabalhados, assim como os diferentes revestimentos dos bancos. Já a direção passou a ter assistência elétrica, reduzindo a necessidade de esforço do condutor.

“As mudanças visuais, a aplicação de materiais nobres e o uso de tecnologias hi-tech reforçam a imagem vanguardista da S10”, diz Carlos Barba, diretor de design da Chevrolet.

“Desde que lançou o modelo em 1995, a Chevrolet tem sido a empresa que melhor vem interpretando as necessidades e os desejos do consumidor de picape no Brasil. Foi com base nessa experiência que concebemos a Nova S10”, acrescenta o executivo.

Um novo carro
A versão 2017 da picape média da Chevrolet está mais sofisticada em todas suas configurações. Entre os novos itens de comodidade disponíveis, destacam-se:

– Acendimento automático dos faróis;
– Sensor de chuva;
– Retrovisor central eletrocrômico;
– Câmera de ré com gráficos para auxílio em manobras;
– Sensor de estacionamento dianteiro;
– Acionamento remoto da ignição;
– Sistema de áudio premium de alta definição;
– Vidros laterais com mecanismo de abertura e fechamento por meio da chave.

Itens como lanternas e luzes de neblina, ar-condicionado digital com oito velocidades, rebatimento elétrico dos retrovisores externos, banco do motorista com ajustes elétricos estão igualmente disponíveis.

Outros destaques são os controles eletrônicos de tração (TC) e de estabilidade (EPS) e os assistentes de partida em rampas (HSA) e o de descida (HDC). Enquanto o assistente de partida em rampas não permite que o veículo recue em saídas íngremes; o assistente de descida controla a velocidade em descidas íngremes sem a necessidade de intervenção do motorista, proporcionando maior controle do veículo.

A Nova S10 também aprimora seu pacote de segurança ativa. Adotar sistema de freios ABS com EBD (distribuição da força de frenagem) de última geração e novas tecnologias, como o alerta de desvio de faixa e o alerta de colisão frontal, comuns apenas a veículos de categorias superiores.

O alerta de desvio de faixa possui uma câmera na parte superior do para-brisas que “lê” as faixas da via e emite um aviso toda vez que perceber que o veículo está saindo involuntariamente da pista. Se o pisca estiver acionado, o mecanismo entende que a manobra é intencional e não entra em ação.

O alerta de colisão frontal é outro equipamento bastante útil no dia a dia. Por meio dele, o motorista pode estabelecer eletronicamente uma distância mínima em relação ao veículo à frente, podendo, por exemplo, ser alertado caso o outro automóvel sofra uma redução de velocidade repentina. Além de luzes vermelhas piscarem na base do para-brisa, um alarme soa pelos alto-falantes da picape.

“Estudo de mercado aponta que 67% dos acidentes são frontais. A grande maioria de pequena ou média monta porte e provocado por distrações. O alerta de colisão mostra-se relevante, principalmente neste tipo de situação”, justifica William Bertagni, vice-presidente de engenharia da General Motors.

Eficiência energética
A Nova S10 estreia com treze variações de configurações. São quatro versões de acabamento (LS, LT, LTZ e High Country), três opções de cabine (simples, dupla e chassis cab), duas de motorização (2.8 TurboDiesel e 2.5 SIDI Flex), dois tipos de transmissão (manual e automática, ambas de seis velocidades), além de dois tipos de tração (4×2 e 4×4 com reduzida).

Todas as configurações receberam um pacote de inovações para melhor eficiência energética. Com isso, houve uma melhora no consumo de combustível até 5% ante o modelo anterior.

O resultado é basicamente a soma das evoluções aerodinâmicas, da utilização de matérias mais leves, da adoção de pneus “verdes” de uso misto e freios de baixo arrasto, da mudança na relação do diferencial da transmissão (Flex) e da introdução de um sistema mais eficiente de gerenciamento das cargas elétricas do motor que inclui novo software no módulo de controle do carro, sensores, alternador com menos perdas internas, eletro-ventilador do tipo brushless (sem escovas) e direção elétrica.

OnStar
Outra inovação que a Nova S10 traz para o segmento de picapes é o OnStar. A tecnologia é uma exclusividade da marca Chevrolet no Brasil.

O OnStar é um sistema de telemática avançado que oferece ao motorista mais de 20 serviços de Emergência, Segurança, Navegação, Concierge e Conectividade em um patamar jamais visto no mercado automotivo nacional.

Na Nova S10, a tecnologia agrega novas funcionalidades, como o alerta de valet. Ao ativá-lo, o usuário recebe uma mensagem caso o manobrista se distancie mais de 500 metros com o carro. É possível ainda monitorar o deslocamento do automóvel e saber se ele ultrapassou o limite de velocidade predeterminado. Tudo através do aplicativo para smartphones.

O alerta de rodízio do OnStar foi aperfeiçoado. A partir de agora o motorista é avisado quando seu veículo se aproxima da zona de restrição ou quando se dá partida no veículo em local e horário restrito à circulação.

Outra novidade é que pressionando o botão da esquerda no retrovisor central, o usuário consegue acionar, por comando de voz, serviços como os alertas de velocidade e o de valet, chamar o serviço de assistência mecânica ou ainda iniciar a navegação de algum destino cadastrado no aplicativo do OnStar.

Funcionamento simples
Pressionando um botão no retrovisor interno, o motorista é conectado a uma central com atendimento humano que oferece serviços como pesquisas rápidas na internet, reservas e informações sobre situações de tráfego (vias alagadas ou bloqueadas).

Pode-se igualmente acionar o botão OnStar para solicitar assistência mecânica, elétrica ou médica em caso de emergência.

A comunicação entre os ocupantes e o atendente do Centro de Atendimento ocorre por meio de uma linha celular exclusiva do veículo, que transmite a conversa pelos autofalantes e microfones do sistema “hands-free” do carro.

O OnStar também avisa quando o automóvel está sendo furtado ou envolveu-se em um acidente que resultou na deflagração dos airbags. Isso acontece porque os sensores espalhados pela carroceria são capazes de detectar situações de anormalidade e alertam o Centro de Atendimento. Profissionais capacitados então fazem a análise da situação e solicitam, se necessário, o auxílio das autoridades competentes.

O OnStar também permite que o usuário comande funções do veículo por meio de um aplicativo para smartphone, como o travamento das portas.

Pelo app ainda é possível programar para receber notificações quando o veículo inicia uma nova movimentação, saber qual é a sua localização atual e ainda pedir para ser avisado quando o velocímetro ultrapassar o limite de velocidade predeterminado – recursos úteis principalmente quando o automóvel é cedido a terceiros.

O aplicativo é compatível com os sistemas Android e IOS e pode ser baixado na Play Store e agora também na Apple Store.

Na Nova S10, a Chevrolet oferece como cortesia o serviço OnStar por 12 meses. O processo de habilitação pode ser iniciado na concessionária. Na sequência, o cliente recebe um e-mail para finalizar seu cadastro e dar seu aval para a ativação.

A Nova S10 chega à rede concessionária da marca em maio.

Ficha Técnica S10_MY17_Diesel

Ficha Técnica S10_MY17_Flex

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP