TOME UMA ATITUDE NESTE DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO

0

Neste Dia Mundial do Coração (29 de setembro de 2016), a Federação Mundial do Coração (WHF — World Heart Federation) está exortando os habitantes de todos os países do mundo a usar o poder da informação para transformar as vidas de 1 em 10 pessoas que morrem prematuramente por causa de doenças cardiovasculares (DCV).[1]

A DCV é a principal causa de morte no mundo, terminando mais de 17 milhões de vidas por ano. Entretanto, pelo menos 80% das mortes prematuras por DCV poderiam ser evitadas. [2]

O website do Dia Mundial da Saúde (World Heart Day) traz muitas informações para capacitar indivíduos a lidar com suas próprias saúdes, tais como o novo teste do QI do coração (Heart IQ Test), uma ótima maneira de conhecer seu nível de conhecimento do coração. A Federação Mundial do Coração também está conclamando os formuladores de políticas e governos a utilizar o poder da informação e assumir o compromisso de implementar sistemas confiáveis e adequados de vigilância e monitoramento da DCV.

Esse chamamento é apoiado por um sumário executivo de informe de política que mostra inconsistências preocupantes sobre como a DCV e monitorada em todo o mundo e descreve algumas das dificuldades enfrentadas, como falta de recursos, capacidade limitada da força de trabalho e falta de vontade política. O sumário também oferece recomendações, como fortalecer os sistemas de registro civil nacional, compartilhar melhores práticas e ajudar a enfrentar a inércia política.

A chief executive da Fundação Mundial do Coração, Johanna Ralston, disse: “A doença cardiovascular pode ser prevenida em muitos casos e é por isso que estamos encorajando as pessoas a tomar uma atitude neste Dia Mundial do Coração. Pequenas mudanças como consumir comidas mais saudáveis, reduzir o consumo de bebidas alcoólicas e parar de fumar podem realmente melhorar a saúde do coração. Também precisamos de monitoramento mais eficiente e detalhado, para podermos desenvolver um quadro melhor dos países que precisam de apoio e o que podemos aprender dele”.

No momento, pensa-se que apenas 42 países têm sistemas de vigilância e monitoramento de doenças não comunicáveis (NCD — non-communicable disease), que dão suporte a relatórios que podem ser comparados com os objetivos da Organização Mundial de Saúde para reduzir as NCDs.[3]

Para mais informações sobre o Dia Mundial do Coração, por favor, visite http://www.worldheartday.org

————————————————–

1. Organização Mundial da Saúde, 2012

2. http://www.world-heart-federation.org/what-we-do/world-heart-day/about-world-heart-day/

3. Kroll et al. Desafios da vigilância de doenças não comunicáveis — um exame de métodos selecionados BMC Public Health (2015) 15:1243 DOI 10.1186/s12889-015-2570-z

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.