Imigração japonesa dá samba

0

A Samba Comunicação vai ser a agência responsável pelo evento principal das comemorações dos 100 anos da imigração japonesa no Brasil. A Samba assinou o contrato com a Associação para Comemoração do Centenário e, assim, passa a ser a única responsável pela venda de cotas de patrocínio para este que deverá ser o mais relevante evento das festividades que marcam a data, até porque está prevista a presença de um dos membros da família real japonesa e de autoridades brasileiras.

O ano de 2008 marca os 100 anos da chegada ao Brasil do navio Kasatu Maru, que trouxe as primeiras famílias de japoneses para o Brasil. A festa que a Samba vai realizar será sem dúvida o maior evento público com esse fim e acontece no mês de junho de 2008. Para que nenhum detalhe escape na organização desse evento, Kito Mansano, presidente da Samba, está pessoalmente empenhado no desenvolvimento do projeto. “Por isso já começamos nesta semana a negociação das cotas para empresas dispostas a participar de um evento desta magnitude. Temos certeza de que é um momento único para que muitos grupos empresariais fiquem mais próximos da comunicada japonesa no Brasil”, destaca Mansano.

A Samba Comunicação é uma agência que tem como diferencial, na comparação com os concorrentes do mercado, a “pegada jovem”, como gosta de reafirmar Kito Mansano. Formada por um time pra lá de criativo e, claro, jovem, a agência traz a experiência da realização de grandes ações, a maturidade e expertise de pessoas que dirigem a agência, como o próprio Mansano, que já passou pelas maiores empresas de marketing direto e promoções do País, e a “pegada” de tocar projetos de maneira a satisfazer plenamente clientes de variados perfis.

A agência de propaganda oficial dos 100 anos da Imigração Japonesa no Brasil é a DPZ, sócia da Samba juntamente com a holding Clube. A DPZ foi selecionada para cuidar do programa de comunicação de todas as ações que vão comemorar a data histórica. A DPZ também atuou nas festividades dos 80 anos da imigração japonesa no País.

Em 28 de abril de 1908 o navio Kasatu Maru deixou a cidade de Kobe, no Japão, com 151 famílias. O destino: o Porto de Santos. Essa viagem é a que simboliza o início da imigração japonesa para o Brasil. Apenas entre 1950 a 1988, registros oficiais dão conta da entrada no Brasil de 54 mil japoneses. No total, estima-se, 260 mil imigraram para o Brasil, o país que tem a maior comunidade japonesa no exterior, com 1.500.000 pessoas entre japoneses e seus descendentes. Só em São Paulo acredita-se que haja em torno de 900 mil pessoas. Levando-se em conta também as famílias nas quais apenas o pai e a mãe são nipodescendentes, acredita-se que esse universo no Brasil esteja em torno de 2,5 milhões de pessoas.

Além do evento dos 100 anos da imigração japonesa no Brasil, a Samba tem vários outros projetos em curso. Outro de relevância é a realização, no meio do ano, da Copa do Mundo dos Games (ESWC – Electronic Sports World Cup). Além da Samba, está diretamente envolvida no projeto a Agência Tríade, que tem larga expertise nessa área de games. Sobre este evento, ele está na fase de cadastramento das lan houses através do site www.gamelib.com.br/eswc/.

 

Share.

About Author

Comments are closed.