LIXO NAS ÁGUAS DA BAÍA DE GUANABARA

0

Mesmo com todas as informações sobre o descarte irresponsável de lixo e toda a discussão acerca dos custos da limpeza e danos ambientais, falta muito para que todos se conscientizem sobre o assunto. Na semana do Dia Mundial da Água, 22 de março, o Menos 1 Lixo e a agência Staff irão lançar uma campanha para chamar a atenção da população sobre o assunto. “Achados da Guanabara – os presentes que a Baía de Guanabara nunca quis ganhar” é uma iniciativa inédita.

A bordo de um catamarã, uma equipe de mergulhadores do Brasil Divers, retirou o lixo jogado nas águas da Baía de Guanabara, a fim de mostrar a quantidade e a variedade de objetos descartados indevidamente. Após a coleta os objetos viraram produtos, pelas lentes do fotógrafo Rogério Faissal e serão vendidos no maior loja virtual de varejo, americanas.com e no www.enjoei.com.br, um dos sites de vendas de produtos usados mais famosos do Brasil.

Os produtos estarão nas lojas a partir de domingo, dia 22, Dia Mundial da Água. Foram encontrados, entre outros objetos, uma porta, um vaso sanitário, um computador e uma cadeira de praia. Não será possível comprar os objetos. A venda é uma forma simbólica de mostrar o quanto é gasto para a despoluição das águas. Os preços foram definidos pelo biólogo Marcelo Szpilman, de acordo com o tamanho do dano causado pelo material e variam de 13 mil a 600 mil reais.

De 22 a 28 de março quem estiver passando pelo Shopping Leblon poderá observar uma exposição realizada pelo projeto, com os produtos encontrados na Baía. O objetivo é chamar atenção para o consumo e descarte consciente do lixo.

A campanha conta com o Drone do Amor, Studio Great, Instituto Aqualung, Aqua Rio, Comlurb, Americanas.com, Enjoei, Shopping Leblon e voluntários do curso de Gestão Ambiental da UFF liderados por Pedro Campos.

 

Share.

About Author

Comments are closed.