Matos Grey reformula G2

0

O Grupo MatosGrey reestruturou e ampliou a G2 do Brasil. A empresa está renovada, expandiu suas atividades e encontra-se pronta para enfrentar os futuros desafios do universo da comunicação. Além dos serviços de promoção, branding e design, especialidades que a consagram em mais de 42 países, a G2 passa a abrigar, aqui no Brasil, sob um mesmo guarda-chuva os segmentos de marketing-direto e interactive marketing – uma das maiores do mundo nas especialidades. A marca G2Zest deixa de existir e ganha a identificação G2 do Brasil. A agência MatosGrey continua com uma estrutura independente e organizada em três grandes núcleos de trabalho: Comunicação, Consultoria e Conteúdo. “A unificação é essencial para a G2 se diferenciar no mercado, como exemplo de competitividade, agilidade, eficiência”, avalia Silvio Matos, presidente do Grupo MatosGrey. 

 

Para comandar a nova G2, Silvio Matos convocou Sérgio Brandão, que será o diretor-geral e terá sob sua responsabilidade todas as operações da agência no Brasil.  A direção de criação ficará a cargo do experiente Hélio Rosas. Marcos Lacerda, sócio e vice-presidente do Grupo MatosGrey, atuará na supervisão geral da G2. O segmento marketing-direito, antigamente identificado pela marca G2Zest, será tocado pela equipe liderada por Brandão, em parceria com Flávia Paranho, responsável pelo escritório do Rio de Janeiro, e Janete Joucowski, atenta às operações de Curitiba.

Em São Paulo, o marketing direto e o interactive marketing serão geridos por Jairo Soares, com Silmo Bonomi na criação. Os projetos de CRM e database marketing continuam sob a batuta competente de Rubens Stephan, sócio e presidente da MarketData, que atenderá em unidade independente, mas integrada ao Grupo MatosGrey. “É o time dos sonhos de qualquer especialista em marketing”, diz Sérgio Brandão. “Sintonia e sinergia são o que não faltam a essa turma. Basta definir a estratégia com o cliente que eles trabalham por música”, completa.             

 

A maior alteração na estrutura da nova G2 do Brasil está no setor de promoção, branding e design. No entanto, essas mudanças só contribuem para estimular ainda mais os cases de sucesso que agência já desenvolvia para BAT (British American Tobacco), Procter&Gamble e GlaxoSmithKline. O portfólio da G2 guarda trabalhos que se transformaram em referência internacional para clientes. Para BAT, por exemplo, a G2 recebeu o desafio de lançar o cigarro Kent, o primeiro a chegar ao mercado brasileiro sem nenhum recurso de mídia tradicional, limitado pela legislação antitabagista; Derby tornou-se líder de consumo no Brasil dentro do segmento de tabaco, e Lucky Strike teve aumento de 100% de share of market após o seu lançamento no mercado nacional. Para Procter&Gamble, a G2 desenvolve ações e faz toda a comunicação da marca Pantene. O trabalho para GlaxoSmithKline está voltado para os produtos Hipoglós, Sensodine, entre outros.

 

G2 no Mundo

Outro privilégio da G2 do Brasil é fazer parte da rede global da G2, empresa que está presente em 42 países, com 86 escritórios. Isso permite a troca contínua de conhecimento e informação em tudo que se relaciona à promoção, valorização de marcas, design e interactive marketing em todos os cantos do planeta. Para chegar a resultados de reconhecimento internacional, a G2 investiga, em profundidade, os hábitos do consumidor, prepara análises e levantamentos técnicos e propõe soluções inovadoras. Isso faz da G2 uma empresa que apresenta soluções que provocam resultado e impacto no mercado.

 

A nova organização revela sintonia com os avanços apresentados no universo da comunicação nos últimos anos. A revolução tecnológica abriu espaço para os games, os blogs, a TV digital, entre outras novidades. A mídia tradicional divide espaço agora com as recentes alternativas de mercado. “A comunicação hoje é uma via de mão dupla com o consumidor. Nada se faz mais sem a interatividade com o público alvo”, afirma Silvio Matos.

 

 

Share.

About Author

Comments are closed.