O CANÁRIO IRLANDÊS E O MONÓXIDO DE CARBONO

0

A agência criativa Rothco criou uma campanha única para a Semana de Conscientização de Monóxido de Carbono 2015 em nome do seu cliente Redes de Gás Irlanda (Gas Networks Ireland). Tommy McAnairey, o canário, canta uma  balada folk, “Monóxido de carbono é letal como o inferno”, na tentativa de que a canção, tema da semana de conscientização, chegue ao topo das paradas de sucesso irlandesas.

 

John McMahon, redator da Rothco, comenta: “É um hino energético realizado no estilo folk tradicional irlandês, se valendo do lado escuro e mórbido, para alertar  para os riscos a que todos estamos expostos. E, claro, sendo um canário, Tommy McAnairey sabe mais do que a maioria sobre o monóxido de carbono, visto que muitos dos seus antepassados ​​morreram em minas de carvão ao detectar o gás letal. O importante é que a música está repleta de dicas sobre como prevenir a intoxicação por monóxido de carbono (por exemplo: “Sempre mantenha sua caldeira em excelente estado” e “uma vez por ano faça a revisão do seu equipamento de gás”). A ideia é que a música se torne um jingle e possa ficar na mente das pessoas como um lembrete”.

A campanha ocorre justamente neste início da dupla estação outono-inverno no Hemisfério Norte, quando aumenta o uso do gás em residências e estabelecimentos comerciais para minimizar o frio em decorrência do uso mais intensivo de aquecedores e lareiras. A canção está disponível para download desde ontem, 18, no iTunes, Amazon e Google Music. Como parte da campanha mais ampla, a música vai ser suportada a partir de um comercial de TV, rádio, mídia impressa e anúncios digitais, redes sociais e uma extensa campanha de mídia social no Twitter, tripulada por ninguém menos que o próprio Tommy McAnairey.

O single também será promovido em várias estações de rádio em todo o país. O objetivo único do Tommy é gerar a consciência de forma a reduzir o número de óbitos relacionados com as emissões de monóxido de carbono. Assim, os lucros de “O monóxido de carbono é letal como o inferno” irão contribuir para que a Action Age, organização não-governamental, distribua maior número de alarmes de monóxido de carbono para os idosos, os mais afetados pelas emissões muitas vezes invisíveis.

Share.

About Author

Comments are closed.