O drama da água

0

A Agência Brasil acompanhou a celebração do Dia Mundial da Água, neste 22 de março de 2007, em que a ONU fez um alerta para o problema divulgando dados que mostram a real dimensão do problema que a humanidade terá de enfrentar. Leia e reflita:

Foz do Iguaçu (PR) – Dados da Organização das Nações Unidas (ONU) mostram que cerca de 1,1 bilhão de pessoas em todo o mundo não têm acesso a água potável. Nos países em desenvolvimento, esse problema aparece relacionado a 80% das mortes e enfermidades. No Século 20, o consumo da água multiplicou-se por seis – duas vezes a taxa do crescimento da população mundial. Um total de 26 países sofrem escassez crônica de água e a previsão é de que em 2025 serão 3,5 bilhões de pessoas em 52 países nessa situação.

A água doce, potável e de qualidade, está distribuída de forma desigual. O Brasil detém 53% da água doce da América Latina e 12% do total mundial, mas enfrenta problemas no que diz respeito à disponibilidade de tal recurso. Conforme aponta o relatório GEO Brasil Recursos Hídricos, divulgado no início deste mês pela Agência Nacional de Águas (ANA), há uma enorme discrepância em relação à distribuição geográfica e populacional da água no país: a Região Hidrográfica Amazônica abriga sozinha 74% da disponibilidade de água e é habitada por menos de 5% dos brasileiros.

Para discutir essa realidade e buscar soluções para o uso racional da água, representantes de órgãos do governo gestores dos recursos hídricos, grandes consumidores e organizações do terceiro setor estão reunidos hoje(22), Dia Mundial da Água, em Foz do Iguaçu, para o lançamento de uma campanha nacional, a SOS H2O. Entre seus objetivos, esse pacto nacional com a assinatura da Carta de Princípios Cooperativos pela Água quer a eliminação da poluição e dos casos de doenças relacionados à falta de saneamento básico.

Governo, Organizações Não-Governamentais (ONG), políticos, empresas, cooperativas, fundações e  sociedade civil   se comprometerão  a unir esforços para promover o uso eficiente da água junto à comunidade, à indústria e à agricultura. O documento, após ser assinado,  será entregue à ministra do Meio Ambiente Marina Silva, que participa do final do evento.

Durante todo o dia, seminários vão avaliar os avanços da Lei das Águas, que estabeleceu o Plano Nacional de Recursos Hídricos e completa dez anos neste ano. Serão mostradas experiências de sucesso e boas práticas voltadas à conservação da água. A Itaipu Binacional, que promove o evento junto com a Organização das Nações Unidas (ONU), apresentará os resultados do programa Cultivando Água Boa, que desenvolve ações de proteção ambiental em 29 municípios da Bacia Hidrográfica do Paraná III.

O Dia Mundial da Água será encerrado com um show inédito da cantora Maria Bethânia, que lançou recentemente dois discos inteiramente dedicados ao tema. O espetáculo em torno da água terá as Cataratas do Iguaçu como cenário.

Share.

About Author

Comments are closed.