DIÁRIO DO GOLPE: UMA IMAGEM REVELA O QUE ESTÁ EM JOGO

0

Por Carlos Franco

Fayga Ostrower  mais que uma brilhante artista plástica tornou-se uma referência no estudo da imagem e sempre alertou que a imagem tem imenso poder, sobretudo o poder de ser uma representação mais real da realidade, capaz de creditar ou desacreditar fracos argumentos e desmontar cadeias de pensamento que alguns tomam emprestado por senso comum ou falta de conhecimento e os repetem na tentativa de que sejam verdades que querem crer  absolutas. Ela usava sempre o exemplo da criança, na verdade o bebê, que chora e que só para de chorar quando vê a mamadeira, mesmo que nela não toque, mas por neste momento e pela força motivadora da imagem ter a certeza de que será alimentado.

É a imagem que neste momento em que o Brasil caminha para novo golpe de Estado que tem a capacidade de diluir os argumentos dos golpistas, mesmo que estes tentem dissimular os seus desejos mais íntimos e nefastos. Esquecem-se, porém, do poder da imagem e acabam, eles mesmos, os golpistas, revelando as suas faces hipócritas, violentas e misóginas diante das telas de televisão que transmitem ao vivo, não o julgamento de Dilma Rousseff, mas o dos 54 milhões de brasileiros que a elegeram e cuja voto buscam cassar desde o resultado final das urnas de 2014, que não aceitaram.

Quando se mostra a imagem do objeto em torno do qual se argumenta, os argumentos frágeis cessam ou tendem a passar de um tema a outro, num tom menos cortês e mais agressivo na tentativa de colocar um ponto final capaz de sustentar , na visão do interlocutor, a supremacia de sua argumentação, mas que, na realidade, mostra e expõe a sua total fragilidade. Aquilo que de fato são: golpistas. Restam-lhes, como no caso do professor Cristovam Buarque apenas o cinismo como alternativa. 

Esta simples camiseta, em foto que se tornou meme nas redes sociais, após a postagem da brilhante deputada Jandira Feghali, uma mulher que leva muito a sério, como médica, o juramento de Hipócrates como bandeira de luta contra os hipócritas de hoje. 

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.