A INFLUÊNCIA DAS CELEBRIDADES NA COMUNICAÇÃO

0

Desde os anos 50, o uso de celebridades em propagandas é uma estratégia recorrente e valorizada no universo da comunicação. Ao associar um rosto famoso a uma marca, espera-se influenciar o comportamento do consumidor e impactar sua intenção de compra. Embora esse recurso seja recomendado em muitos casos, o uso de uma celebridade não garante a eficiência de um comercial. Para avaliar de maneira objetiva o impacto dessa estratégia, a Forebrain, empresa especializada em neuromarketing, lança o Brain Special Report: “A influência de celebridades na comunicação”.

O uso das ciências do cérebro  aumenta a assertividade da comunicação ao entender de maneira mais profunda o impacto das celebridades. No estudo, participantes foram convidados a assistir a um documentário intercalado por intervalos comerciais. Os participantes – 1140 homens e mulheres com idade entre 18 e 50 anos, pertencentes às classes sociais A, B e C – foram monitorados pelas técnicas de eletroencefalograma e eye tracking.

O estudo avaliou 49 filmes durante 19 meses e analisou os índices de atenção, motivação e memorização para cada comercial. A análise do desempenho  dos filmes mostrou que a presença de celebridades  contribui para a boa performance de filmes publicitários. No entanto, esse efeito não é garantido exclusivamente pela presença das celebridades. São estratégias eficientes a fidelização de celebridades, as representações realistas dos famosos e a associação desse rosto com a marca. Mas causam impacto negativo os filmes onde a celebridade está descaracterizada.

Resultados:

 

  •   Quando uma celebridade popular é retratada em situações condizentes com a sua realidade, o filme costuma ter bom desempenho. Porém, quando a celebridade é descaracterizada ou pouco destacada, o investimento feito pelas marcas acaba sendo comprometido;
  • Dependendo do tipo de produto ou serviço anunciado no comercial (por exemplo, produtos de alto valor de alto agregado), um perfil específico de celebridade é recomendado para que o filme seja eficiente;
  • O uso de celebridades como embaixadores de uma marca se mostrou altamente eficiente em provocar uma maior aproximação do espectador e memorização do conteúdo;
  • Os resultados comprovam que as celebridades podem provocar respostas de aproximação diferenciadas em função de aspectos motivacionais, de questões histórico-culturais e da própria representação da celebridade na sociedade.

Aprendizados:

 

  • O emprego de celebridades impacta diretamente os índices neurais avaliados, podendo ser um diferencial importante nas campanhas de comunicação;
  • Aspectos como os objetivos da marca, o tipo de produto, o público alvo e o contexto da peça deverão ser levados em consideração na hora de escolher a celebridade que apresenta maior potencial de impacto para campanha;
  • Embora as celebridades sejam consideradas um estímulo de alto impacto, sua eficiência é influenciada por questões de execução, construção e conteúdo das peças. Esta análise mostra que o uso da celebridade por si só não garante um impacto favorável da campanha;
  • Através da neurociência, a Forebrain mostrou que a valorização da presença das celebridades, assim como o uso de propostas de conteúdo que adotam representações realistas dos famosos são estratégias consideradas eficientes para potencializar o impacto das celebridades nas peças avaliadas.

Um trial gratuito do estudo está disponível para download no endereço: www.forebrain.com.br/celebridades.

Compartilhar.

Sobre o autor

Comentários desativados.

000-017   000-080   000-089   000-104   000-105   000-106   070-461   100-101   100-105  , 100-105  , 101   101-400   102-400   1V0-601   1Y0-201   1Z0-051   1Z0-060   1Z0-061   1Z0-144   1z0-434   1Z0-803   1Z0-804   1z0-808   200-101   200-120   200-125  , 200-125  , 200-310   200-355   210-060   210-065   210-260   220-801   220-802   220-901   220-902   2V0-620   2V0-621   2V0-621D   300-070   300-075   300-101   300-115   300-135   3002   300-206   300-208   300-209   300-320   350-001   350-018   350-029   350-030   350-050   350-060   350-080   352-001   400-051   400-101   400-201   500-260   640-692   640-911   640-916   642-732   642-999   700-501   70-177   70-178   70-243   70-246   70-270   70-346   70-347   70-410   70-411   70-412   70-413   70-417   70-461   70-462   70-463   70-480   70-483   70-486   70-487   70-488   70-532   70-533   70-534   70-980   74-678   810-403   9A0-385   9L0-012   9L0-066   ADM-201   AWS-SYSOPS   C_TFIN52_66   c2010-652   c2010-657   CAP   CAS-002   CCA-500   CISM   CISSP   CRISC   EX200   EX300   HP0-S42   ICBB   ICGB   ITILFND   JK0-022   JN0-102   JN0-360   LX0-103   LX0-104   M70-101   MB2-704   MB2-707   MB5-705   MB6-703   N10-006   NS0-157   NSE4   OG0-091   OG0-093   PEGACPBA71V1   PMP   PR000041   SSCP   SY0-401   VCP550   HP0-S42   70-483   101   000-080   1z0-434   CCA-500   CAP   1Z0-804   220-802   70-483   SY0-401   70-980   300-101   c2010-652   ICGB   1Z0-144   101   70-533   000-017   1Z0-060   640-916   9L0-012   MB2-704   9L0-066   2V0-621D   1Z0-144   1Y0-201   74-678   EX200   70-483   700-501   210-260   200-310   100-105  , JK0-022   350-080   300-070   CISSP   810-403   CAS-002   300-206   200-101   OG0-093   000-104   MB6-703   CISSP   1Z0-144   070-461   1Z0-060   SSCP