Um voto para o profissional de mídia

0

O período eleitoral já começou na 10ª edição do Prêmio de Mídia Estadão. No site www.estadao.com.br/premiodemidia/2007já é possível escolher o Mídia do Ano entre os três indicados pelo conselho consultivo do prêmio: Ângelo Franzão Neto, vice-presidente-executivo de Mídia da McCann-Erickson, Rosana Ribeiro, diretora de Mídia da BorghiErh, e Paulo Stephan, diretor de Mídia da Talent, disputam o prêmio. No ano passado, Hilda Cajade, da Lowe, foi a vencedora. O votação termina no dia 22 de junho.

O Mídia do Ano é eleito pelos próprios profissionais de mídia. O vencedor será relevado na cerimônia de entrega do Prêmio de Mídia Estadão, realizada no dia 2 de julho com as comemorações do Dia do Mídia.

 “O PME, além da revelação de ótimos profissionais, tem contemplado trabalhos de qualidade, que fazem a diferença. E cada vez mais o mercado precisa contar com profissionais assim, que, efetivamente, fazem a diferença”, afirma Ângelo Franzão Neto.

Para Paulo Stephan, a maior qualidade do PME é valorizar a carreira do concorrente. “Ele permite uma avaliação do que realmente vem sendo desenvolvido de mais inovador e criativo pelas agências e clientes.”

Segundo Rosana Ribeiro, também indicada ao prêmio, o fato de a escolha ser feita pelo mídia torna a premiação especial. “É muito gratificante ser escolhida por profissionais da área, pessoas que acompanharam sua carreira desde o início.”

 Sobre o Prêmio de Mídia Estadão – A idéia partiu há uma década do Departamento de Marketing do jornal O Estado de S.Paulo. O objetivo era desenvolver um prêmio para o mercado publicitário que se diferenciasse dos demais, geralmente voltados a contemplar somente os anúncios mais criativos. A premiação sempre contou com o apoio do Grupo de Mídia São Paulo e tem como uma das principais diretrizes incentivar o desenvolvimento, valorizando soluções que fortaleçam o profissionalismo no setor, facilitando o surgimento de novos talentos.

 

Sobre os indicados

Ângelo Franzão Neto – Juntou-se à equipe de profissionais da McCann em 1979, depois de ter atuado em algumas das grandes agências do mercado. Hoje, como vice-presidente-executivo de Mídia é responsável pela atividade de todos os clientes da McCann Erickson. É também presidente do Grupo de Mídia de São Paulo e participa do júri de Media Lions do festival de Cannes neste ano. Lançou em 2006, o livro Midialização – O poder da Mídia.

Paulo Stephan – Formado em Administração de Empresas pela PUC/SP, trabalhou em agências como Grottera/TBWA, Bates e Neogama/BBH. Desde 2002, é diretor-geral de Mídia e Negócios da Talent. Recebeu o Prêmio Leão/SIMA em 98, como Profissional do Ano. Já em 2005, conquistou o prêmio APP Contribuição Profissional na categoria Profissional de Agência – categoria Mídia, além de ter sido júri do Media Lions do Festival de Cannes em 2006. 

Rosana Ribeiro – Formada em Publicidade e Propaganda pela Universidade de São Paulo, tem mais de 20 anos de carreira na área de mídia. Foi diretora de Mídia na Fischer América e na Young & Rubicam e vice-presidente de Mídia na JWThompson. Entrou na Lowe há 6 anos para atuar na Coordenação América Latina para Unilever. Hoje é diretora-geral de Mídia da agência. Conquistou prêmios como o Unilever Creative Media Awards em 1999 e 2000, além do Maxi Mídia em 2005 e 2006.

 

Share.

About Author

Comments are closed.