World Press Awards tem 1,3 mil peças inscritas

0

Nesta semana, em Cingapura, foi realizado o julgamento das peças inscritas na primeira edição do World Press Awards, festival idealizado pelo publicitário Neil French. A premiação recebeu 1.383 inscrições de 40 países. Com apenas duas categorias, Revista e Jornal, World Press tem como objetivo valorizar a propaganda mundial em mídia impressa.

Marcello Serpa, sócio e diretor geral de criação da AlmapBBDO, é o único brasileiro no júri desta edição do festival. Serpa participou do julgamento do Wolrd Press, em Cingapura. “Todos os trabalhos inscritos tinham uma qualidade criativa muito boa. Fica difícil até eleger um país que mais se destacou”, comenta Serpa. Para ele, a mídia impressa não desaparecerá e merece um festival publicitário específico. 

Os países participantes do primeiro World Press foram África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Chile, China, Cingapura, Coréia, Colômbia, Emirados Árabes, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, França, Guatemala, Hong Kong, Holanda, Índia, Indonésia, Irlanda, Israel, Itália, Iugoslávia, Japão, Malásia, México, Nova Zelândia, Noruega, Oman, Portugal, România, Reino Unido, Suécia, Taiwan, Tailândia, Turquia e Vietnam.

Além do criativo da AlmapBBDO, o júri é composto por Erik Vervroegen, diretor de criação da TBWA/Paris; Neil French, ex-diretor mundial de criação do grupo WPP; Tham Khai Meng, diretor de criação regional e co-presidente da Ogilvy & Mather Ásia Pacífico; Mark Tutssel, diretor mundial de criação da Leo Burnett; e Jeremy Craigen, diretor de criação da DDB London.

 

Share.

About Author

Comments are closed.