EM DEFESA DA DEMOCRACIA, DILMA NÃO RENUNCIARÁ

0

A presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, disse de forma clara e precisa que, em defesa da democracia e do Estado de Direito, não renunciará à Presidência da República em entrevista coletiva ontem, 11, após reunião com reitores após com reitores dos institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia no Palácio do Planalto. Dilma foi eleita com o voto da maioria dos brasileiros em segundo turno das eleições, em novembro de 2014. A mulher que lutou contra a ditadura militar também falou das manifestações golpistas programados para este domingo, 13 de março de 2016, quando se completam exatamente 52 anos da passeata que fomentou o Golpe Militar de 1964, mergulhando o Brasil numa tenebrosa noite de terror que durou até 1994. Defendeu a liberdade de expressão e manifestação demonstrando a tolerância necessária para se preservar as conquistas democráticas e o Estado de Direito.

“Ninguém tem o direito de pedir a renúncia de presidente legitimamente eleito sem dar elementos comprobatórios de que eu tenha, de alguma forma, ferido qualquer inciso da Constituição. Não sairei deste cargo sem que haja motivo para tal. Quem quer a minha renúncia tem que proceder de acordo com a Constituição. Solicitar a minha renúncia é reconhecer que não há base real para pedir minha saída do cargo”.

Confira o vídeo da entrevista coletiva:

Share.

About Author

Comments are closed.