BARBADILLO, UM JEREZ PARA POUCOS.

0

A grife portuguesa de bebidas Barbadillo acaba de lançar, em edição limitada a 100 garrafas no puro cristal Atlantis, com dispositivo de segurança para evitar falsificações e barrar também que impede o reenvase de suas garrafas, o Jerez mais caro do mundo que faz uso de um barril conservado desde o século XIX com cada garrafa vendida a € 10.000. A edição que leva o nome de Versos 1891 traz ainda textos de Manuel Barbadillo, patriarca da família, dona da Barbadillo nessa embalagem que tem o formato de antigos tinteiros, para reforçar a sua exclusividade. Verdadeira obra de arte, este Jerez celebra o aniversário de 125 anos do nascimento do avô do terceiro Manuel Barbadillo a presidir a casa. Numeradas de 1 a 100, as garrafas estão sendo disputadas por colecionadores e reafirmam o cuidado artesanal da Barbadillo na produção do seu famoso Jerez, mas este evidentemente é para poucos, apenas 100.

Share.

About Author

Comments are closed.