CARTIER E A ARTE DE SER CARTIER

0

No momento em que muitos estão de olhos bem abertos para os smartwatch, os relógios que deram vida à expressão wearables, a chamada internet de vestir, não deixa de ser louvável o esforço da grife Cartier, desde outubro, em mostrar que relógios são sua tradição e feitos com precisão e muito requinte, sendo exatamente o que são: apenas relógios. O filme da campanha “Cartier shape your time”, o que seria numa tradução literal um convite para você moldar seu tempo, assinado pela agência Publicis, é sucesso nas redes sociais e já ultrapassou a marca de 18 milhões de visualizações.

 

POR YUME IKEDA, DE TOKYO

A Maison Cartier, fundada em 1847, em Paris, França, desde então é uma casa que oferece luxo e requinte em forma de jóias, sendo os relógios a sua principal identidade no mundo e que, depois, deram origem a perfumes, acessórios e tudo o que transpira o universo fashion.

A grande guinada de Cartier surgiu em 1904, quando o amigo de Louis Cartier, o brasileiro Alberto Santos Dumont, encomendou um relógio para ser usado no pulso. Até aquele momento, os relógios eram de bolso e o aviador precisava cronometrar o tempo de voo e de experimento dos seus balões e dirigíveis, deixando as mãos livres para a manipulação dos instrumentos. O que levou Dumont a fazer essa encomenda que mudaria para sempre a forma de se usar relógios.

Cartier atendeu o pedido do amigo Santos Dumont e somente a partir de 1911, sete anos depois de entregar o primeiro modelo de pulso ao aviador brasileiro, passou a ofertar esse tipo de relógio. O modelo Santos é produzido até hoje pela Maison Cartier e é a jóia de sua reluzente coroa fazendo uso da mesma engrenagem e elegância com que foi elaborado por Louis Cartier em 1904.

Cartier já enfrentou todo tipo de concorrência e sabe que a moda é passageira, uma jóia dura para sempre. Esse é o pulo do felino com o qual estampa um comercial assinado pela Publicis que faz a ponte entre o passado e o futuro, numa orquestra regida pela mais encantadoras das músicas, o som que sempre irá embalar os sonhos. E que sonhos! Cartier é exatamente o que é: a arte de ser Cartier apenas e isso é muito, muito mesmo. É Cartier.

Share.

About Author

Comments are closed.